Santa Cruz perde primeira disputa contra o Tupi

Tricolor pernambucano adia para o prximo final de semana o sonho de ser campeo da Srie D do cameponato Brasileiro

Santa Cruz perde primeira disputa contra o Tupi
Santa Cruz perde primeira disputa contra o Tupi (Foto: Arte)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Julliana Araújo_247 - O Santa Cruz iniciou na tarde deste domingo (13) a sua última batalha pelo título nacional da Série D do Brasileirão. E perdeu. Apesar de já ter conseguido o tão sonhado acesso à Série C, o Santa escorregou e perdeu para o Tupi por 1x0, no estádio Mário Heleno, em Juiz de Fora, Minas Gerais. A decisão ficou para o próximo domingo (20), no estádio do Arruda, no Recife. Para conquistar a taça, time pernambucano precisa devolver o placar de 1x0 para levar a decisão aos pênaltis ou ganhar por dois gols de diferença. Apesar da derrota, o técnico do Santa, Zé Teodoro, está confiante e elogiou a atuação da equipe na primeira partida da final.

“Precisamos manter o equilíbrio. Fizemos um bom jogo, mas o que não pode acontecer é a imprudência. Vamos voltar com velocidade e com o apoio de uma torcida apaixonada para o jogo do ano do Santa Cruz’, disse Zé Teodoro. Na avaliação geral do técnico, o time tricolor mostrou um jogo superior ao do Tupi, mas o erro no primeiro tempo definiu o placar do jogo.

O grande vacilo do time aconteceu quando a defesa do Santa Cruz se atrapalhou quase no final do primeiro tempo. Marquinhos lançou a bola para Ademilson enquanto a defesa do Santa parecia estática, deixando o time adversário livre para abrir a vantagem de 1x0. Cara a cara com o goleiro Thiago Cardoso, o atacante do time mineiro jogou uma bomba e balançou a rede aos 42 minutos do primeiro tempo.

Antes, o time pernambucano havia perdido grandes chances de definir a partida com Eduardo Arroz e Flávio Caça Rato . O que faltou foram finalizações de qualidade. O time mineiro, conhecido pelo seu jogo veloz, mostrou um futebol travado, com bola parada, o que favoreceu o Santa Cruz em vários momentos como quando Jeovânio roubou a bola e puxou o contra-ataque. O assistente marcou impedimento o que acabou por irritar o técnico Zé Teodoro.

Flávio Caça Rato chegou a ficar sozinho diante do goleiro do Tupi, aos 24 minutos do primeiro tempo. Mas de novo, o time demorou muito para finalizar a jogada e o jogador foi bloqueado por Wesley Ladeira. Em seguida, o Galo Mineiro assustou o Tricolor, quando Ademilson, autor do gol da vitória do Tupi, acertou a rede pelo lado de fora.

Aos 39 minutos do primeiro tempo, Eduardo Arroz invadiu a área do Tupi e soltou uma bomba, mas a zaga do time mineiro faz o corte. No segundo tempo, o tricolor pernambucano correu atrás de, pelo menos, trazer o empate para o Recife. O que não aconteceu. Agora, o time coral aposta todas suas fichas na partida do próximo domingo (20) e no seu 12° jogador, a torcida, que deve lotar o Arruda, como de costume.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email