CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Santos e São Paulo não saem do zero na Vila Belmiro

Com o empate, o tricolor chegou a 36 pontos e completou três jogos sem vencer no Brasileirão; já o Santos chega a quatro partidas sem vitórias

Santos e São Paulo não saem do zero na Vila Belmiro (Foto: Levi Bianco/Folhapress)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Saopaulofc.net - O São Paulo bem que criou chances de gol, obrigou Rafael a fazer boas defesas, mas não conseguiu colocar a bola no fundo da rede na Vila Belmiro. Na tarde deste domingo, Tricolo e Santos empataram em 0 a 0, pelo Campeonato Brasileiro.

Com a igualdade, o time são-paulino chegou a 36 pontos e completou três jogos sem vencer no Brasileiro - uma derrota e dois empates. Com o desempenho, o Tricolor segue um pouco afastado do G4 do Brasileiro e pode ver a distância para este grupo ainda nesta rodada.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

CHANCES CRIADAS

O técnico Ney Franco começou o clássico na Vila Belmiro com novidades. O treinador retornou ao esquema com três zagueiros com a entrada de Paulo Miranda. Além disso, o volante Casemiro foi escalado no meio de campo, enquanto Paulo Assunção ficou como opção no banco de reservas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Mesmo com mais posse de bola, o Tricolor viu o Santos chegar com perigo. Nos primeiros minutos de jogo, Gérson Magrão arriscou de fora da área e assustou Rogério Ceni. O São Paulo respondeu com Luis Fabiano, em duas boas oportunidades, as melhores da equipe na etapa inicial.

Na primeira chance, Fabuloso pegou rebote da zaga e, antes de a bola pingar no chão, ele emendou um belo chute, que Rafael defendeu. Na sequência, o camisa 9 recebeu passe de Jadson, driblou o goleiro santista, mas ficou sem ângulo para o chute e tocou para fora.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

EMPATE SEM GOLS

No início do segundo tempo, o Tricolor chegou novamente com perigo, outra vez com Luis Fabiano. Casemiro arrancou com a bola e tocou para o camisa 9, que tentou o chute de esquerda. Fabuloso seguiu incomodando e teve outra boa chance, desta vez de cabeça. Aos 16 minutos, Bruno Peres por muito pouco não marcou para o Santos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Aos 18, Ney Franco colocou Ademilson no lugar de Rhodolfo, que deixou o campo com dores musculares. O Tricolor seguiu melhor e chegou mais ao ataque. Porém, o último toque não estava sendo dos melhores. Jadson, por exemplo, esteve duas vezes em condições para marcar, mas não fez.

Aos 38 minutos, Denilson recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. Com um a menos, Ney Franco colocou Wellington no lugar de Jadson. As equipes buscaram o gol até o último minuto, mas o clássico terminou sem gols neste domingo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino se reapresentará na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. Na próxima quarta-feira, o Tricolor enfrentará o Atlético-MG fora de casa, pelo Brasileiro. No primeiro turno, os paulistas venceram no Morumbi com gol do atacante Luis Fabiano.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO