CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Santos empata em 1 a 1 com o Grêmio em jogo que Neymar é expulso

Depois de sair vencendo por 1 a 0 e ver Neymar ser expulso, o Tricolor gaúcho cedeu o empate e não conseguiu os três pontos que o deixaria a um ponto do vice-líder Atlético-MG. com 50 pontos, já vê o terceiro lugar ameaçado pelo Vasco, que tem 47; já o Santos segue na parte de baixo da tabela, com 34 pontos, em 13º, e apenas lutando para se afastar cada vez mais da zona de rebaixamento

Santos empata em 1 a 1 com o Grêmio em jogo que Neymar é expulso (Foto: Ramiro Furquim/Folhapress)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Band.com

O Grêmio conseguiu segurar o empate com o Santos no Olímpico neste domingo, mas quase perdeu. Depois de sair vencendo por 1 a 0 e ver Neymar ser expulso, o Tricolor gaúcho cedeu o empate e não conseguiu os três pontos que o deixaria a um ponto do vice-líder Atlético-MG. Pior: com 50 pontos, já vê o terceiro lugar ameaçado pelo Vasco, que tem 47.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Já o Santos segue na parte de baixo da tabela, com 34 pontos, em 13º, e apenas lutando para se afastar cada vez mais da zona de rebaixamento. A distância no momento para o Sport, primeiro da degola, é de oito pontos.

Werley abriu o placar para o Grêmio no primeiro tempo, e Bruno Rodrigo empatou na etapa final. Perto do fim, o Tricolor marcou com André Lima, mas o árbitro anulou o gol apontando toque de mão do atacante. Mas o último lance ainda seria a favor do Santos: Felipe Anderson partiu sozinho em contra-ataque, mas permitiu a chegada de Léo Gago. O volante fez falta e levou o vermelho. Na cobrança, Bernardo chutou no travessão.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Neymar teve noite apagada, mas só com bola rolando. O atacante voltou a ser perseguido pela torcida adversária e, em lance com Pará, revidou uma falta com um pisão no ex-companheiro de clube e foi expulso. No final, valeu a pena pagar os R$ 100 mil de multa para poder escalar o jogador, que tem seus direitos ligados ao Santos.

Na próxima rodada, os comandados de Luxemburgo encaram o Cruzeiro, no Olímpico. Já o Peixe recebe o Internacional, na Vila Belmiro. Os dois jogos serão no sábado.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Torcida marca Neymar

"O ideal é ganhar, mas aqui é difícil acontecer a vitória". A frase de Muricy Ramalho, pouco antes do apito inicial, deixou claro que os visitantes enxergavam a torcida gremista como um adversário a mais. Não estavam enganados. Além de incentivar o Tricolor, a massa também ajudou o time a marcar o craque adversário.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em campo, uma força tarefa composta por Anderson Pico, Fernando, Pará, Gilberto Silva e quem mais estivesse por perto impediu que Neymar brilhasse. Na arquibancada, a torcida gremista enlouquecia a cada bola perdida por ele. Pior para o Santos, que costuma ter todas as suas boas jogadas originadas nos pés da Joia.

Enquanto o Peixe esperava que a qualidade técnica do camisa 11 fizesse a diferença, o Grêmio ia à luta. Desde o primeiro minuto, tomou a iniciativa, ficou com a bola no pé e pressionou. Os ex-santistas Elano e Zé Roberto conduziram o time gaúcho ao ataque. Sem errar passes, os dois faziam com que o jogo fosse disputado quase todo no campo de defesa do rival e, aos poucos, o mapa da mina foi se desenhando.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Os mandantes perceberam que complicariam o rival se apostassem nas bolas altas. Marcelo Moreno acertou a trave de cabeça, Gilberto Silva exigiu boa defesa de Rafael com uma testada e, finalmente, Werley aproveitou falta cobrada por Zé Roberto da direita e desviou no primeiro pau, encobrindo o goleiro santista e abrindo a contagem aos 33 minutos.

Ex-santistas 'expulsam' Neymar

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O ambiente hostil criado para Neymar no Olímpico parece ter afetado o jogador. Em um intervalo de dois minutos, o atacante recebeu dois cartões. Capitão do time, ele foi advertido com um amarelo por reclamar com a arbitragem após receber entrada dura de Elano. Irritado, travou disputa dura com Pará no meio-campo, pisou no adversário e recebeu o vermelho direto.

Por mais incrível que possa parecer, o Santos melhorou. Com Bernardo na vaga de Patito - troca feita no intervalo -, os comandados de Muricy Ramalho apertaram na marcação e, trocando passes com tranquilidade, chegaram com mais força ao campo de ataque. Até que, aos 11 minutos, Durval escorou de cabeça após escanteio cobrado da direita e Bruno Rodrigo chutou no ângulo para deixar tudo igual.

Com o Grêmio apático, Luxemburgo colocou o atacante Leandro na vaga do volante Fernando. Depois, apostou nos poderosos chutes de Léo Gago e o mandou a campo na vaga de Anderson Pico. Na medida em que o fôlego santista ia se esgotando, o Tricolor crescia. Aos 32, mais uma troca ousada: André Lima, centroavante, na vaga do volante Souza.

O empate estava de bom tamanho para os visitantes. Tanto que André desabou no campo para ganhar tempo antes de ser substituído por Bill e arrumou confusão com Pará. Já o Grêmio, desesperado pelos três pontos, até balançou a rede com André Lima, aos 37. Mas o atacante dominou a bola com a mão e acabou com as chances e vitória.

No fim, Léo Gago foi expulso por brecar arrancada de Felipe Anderson e salvou o time da derrota, já que Bernardo bateu a falta no travessão.

Ficha técnica

Grêmio (1): Marcelo Grohe, Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico (Léo Gago –23'/2ºT); Fernando (Leandro – 20'/2ºT), Souza (André Lima – 31'/2ºT), Elano eZé Roberto; Kleber e Marcelo Moreno.

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Santos (1): Rafael; Ewerton Páscoa, Bruno Rodrigo, Durval e Gerson Magrão;Adriano, Arouca e Felipe Anderson; Patito Rodríguez (Bernardo – Intervalo), Neymar e André (Bill – 29'/2ºT).

Técnico: Muricy Ramalho

Gols: Werley - 33'/1ºT (1-0), Bruno Rodrigo – 12'/2ºT (1-1)

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)

Data/Horário: 30/9/2012, às 18h30

Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE). Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa/PR) e Clovis Amaral da Silva (PE)

Cartões amarelos: Zé Roberto, Vilson, Pará, Kleber, Elano (GRE) Adriano, EwertonPáscoa, Neymar, André (SAN)

Cartão vermelho: Neymar (SAN) Léo Gago (GRE)

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO