Santos insiste, faz 2 a 0 e se garante na próxima fase da Libertadores

Gols da vitria do Peixe sobre o The Strongest foram de Alan Kardec e Neymar, que se tornou o terceiro maior artilheiro da histria do clube na competio

Santos insiste, faz 2 a 0 e se garante na próxima fase da Libertadores
Santos insiste, faz 2 a 0 e se garante na próxima fase da Libertadores (Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Site Oficial do Santos - O Santos FC pressionou, pressionou e chegou ao merecido triunfo sobre o The Strongest (BOL) nesta quinta-feira, na Vila Belmiro, garantindo o primeiro lugar do grupo 1 da Libertadores. Com um bloqueio boliviano, bola salva em cima da linha e acertando a trave, o primeiro gol saiu aos 40 da segunda etapa, depois de muita pressão. Cruzamento de Neymar e cabeceio de Alan Kardec. Na sequência, aos 42, Neymar tabelou de letra com Borges e bateu na saída do goleiro para fazer 2 a 0 e empatar com Coutinho no posto de terceiro maior artilheiro santista na Libertadores, com 11 gols.

Com o resultado, o Peixe encerra a primeira fase da competição sul-americana no primeiro lugar do grupo 1, com 13 pontos. O Peixe aguarda o encerramento da rodada para a definição do adversário das oitavas de final.

Ainda no grupo do Peixe, o Inter-RS, com oito pontos, foi o segundo colocado. O time do Sul foi derrotado pelo Juan Aurich (PER) por 1 a 0 no encerramento da rodada.

Agora, o Alvinegro Praiano volta suas atenções para o Paulistão. A equipe encara o Mogi Mirim, domingo, às 16 horas, na Vila Belmiro, em jogo único das quartas de final do estadual.

Escalação

Com Fucile em recuperação, o Peixe entrou em campo com Henrique na lateral direita e Adriano entre os titulares. Assim, iniciaram o jogo: Rafael, Henrique, Edu Dracena, Durval e Juan; Adriano, Arouca, Elano e PH Ganso; Neymar e Borges.

A primeira substituição da partida saiu aos 22 da segunda etapa. Alan Kardec entrou na vaga de Henrique. Já aos 30, Arouca sentiu e foi substituído por Ibson. A terceira alteração foi a entrada de Felipe Anderson no lugar de Elano, aos 32.

Jogo

Logo aos três minutos de partida, o goleiro do The Strongest se atrapalhou após recuo de bola e a bola acabou saindo pela linha de fundo. Elano cobrou o escanteio e Ganso desviou. A defesa boliviana conseguiu desviar, mas a bola passou perto da meta, quase abrindo o marcador.

Aos nove, Elano recebeu belíssimo lançamento de Ganso. O camisa 8 invadiu a área e cruzou buscando Neymar, que penetrava em velocidade. Mas o tiro saiu fechado e o goleiro conseguiu defender, evitando o que certamente seria o primeiro gol santista.

Na pressão, o Peixe voltou a chegar com perigo aos 12. Juan cruzou e Neymar desviou de letra dentro da área para Borges. O matador finalizou de primeira, acertou forte chute que passou perto do travessão.

O Peixe seguia em cima do adversário em busca do primeiro gol. Assim, aos 24, Borges roubou a bola na entrada da área boliviana e deu lindo passe para Juan. O lateral esquerdo finalizou, mas o defensor conseguiu desviar o chute.

Dois minutos depois, Henrique enfiou para Elano em velocidade. O Guerreiro chegou na linha de fundo e bateu, mas o goleiro conseguiu encaixar sem dar rebote.

Aos 33, Neymar foi derrubado na entrada da área após drible no marcador. O próprio camisa 11 foi para a cobrança, batendo colocado no ângulo do goleiro, que foi buscar, colocando para escanteio e salvando os bolivianos.

Três minutos depois, foi a vez da trave salvar os time da Bolívia. Juan levantou na área e Edu Dracena ajeitou para Borges. O camisa 9 acertou belo chute e a bola explodiu no travessão.

Na sequência, Neymar invadiu a área fazendo fila na zaga, mas, em cima da hora, o zagueiro conseguiu desviar para escanteio. Na cobrança, Edu Dracena desviou de cabeça e, quando a torcida já ameaçava o grito de gol, o defensor conseguiu salvar de cabeça, quase em cima da linha.

Antes do apito final do primeiro tempo, o Peixe ainda teve duas chances. Elano finalizou perto da meia lua, o goleiro espalmou, mas os santistas não conseguiram aproveitar o rebote. Na sequência, Elano levantou da intermediária e Neymar desviou de cabeça. A bola passou raspando a meta dos bolivianos.

Segundo tempo

Na segunda etapa, logo aos dois minutos, Juan deu belo passe para PH Ganso dentro da área. O camisa 10 dominou e finalizou de esquerda. O goleiro espalmou, colocando para escanteio.

Na sequência, aos 14 minutos, Adriano recuperou a bola na intermediária santista e lançou para Neymar. O camisa 11 partiu em velocidade, invadiu a área e tocou por cima na saída do goleiro. A bola passou tirando tinta da trave boliviana.

Aos 20 minutos, Neymar recebeu passe e ajeitou de primeira para Juan. O lateral santista devolveu com um cruzamento. O camisa 11 dominou no peito e emendou uma bicicleta, mas o goleiro conseguiu defender.

Nova grande chance santista sairia aos 36. Após bate rebate, Alan Kardec ficou com a sobra e finalizou, mas o tiro saiu muito alto.

Depois de tanto pressionar, o merecido gol do Peixe saiu aos 40 minutos. Em cobrança de escanteio, Neymar bateu curto para Ganso, recebeu ainda na lateral e levantou na área. Alan Kardec desviou de cabeça para estufar as redes.

Com o primeiro, o bloqueio boliviano se abriu e os santistas chegaram ao segundo aos 42. Neymar recebeu de Durval, tabelou de letra com Borges e, dentro da área, tocou na saída do goleiro para fazer 2 a 0 e dar números finais ao jogo.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email