Santos vence Cruzeiro em partida fraca

Com dois jogadores a mais em campo, equipe paulista vence Raposa por 1 a zero em So Paulo

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Cassius Oliveira_247- O Santos recebeu o Cruzeiro na Vila Belmiro. E a equipe da casa começou o jogo no ataque, com Neymar que cruzou na área, a bola sobrou para Borges que finalizou e o goleiro Rafael defendeu. Aos 10 minutos Neymar cruzou novamente na área, a bola desviou na zaga e foi para o gol. Mas o auxiliar deu impedimento do ataque do clube santista. Dois minutos depois Alan Kardec recebeu na área e tocou para Borges, que livre na pequena área, empurrou a bola para o gol. Abrindo o placar para o Santos. O Cruzeiro era um time acuado em campo, que não conseguia ter poder de ataque, mesmo estando com um time ofensivo com Roger, Montillo, Ortigoza e Bobô na frente. A primeira oportunidade da raposa, como o Cruzeiro é chamado em Minas Gerais, foi com o atacante Bobô, que cabeceou para fora num lançamento de Gilberto. A resposta do Santos, foi com um lançamento de Léo e Borges cabeceou para o gol. Mas o auxiliar deu impedimento novamente do ataque santista. O Cruzeiro se mostrava um time muito dependente de seu camisa 10, Montillo, que não fazia uma boa partida. Aos 30 minutos o zagueiro Anderson Carvalho derrubou o meia Montillo na área. Pênalti. O meia cruzeirense desperdiçou a chance de igualar o placar errando a cobrança, chutando para fora. O Santos conseguiu conter uma suposta reação do Cruzeiro com uma forte marcação.

No segundo tempo, o Cruzeiro foi para o ataque. Logo aos dois minutos de jogo, o meia Montillo fez grande jogada passou no meio de três e caiu. A bola sobrou para Bobô que chutou fraco para a defesa de Rafael. No lance seguinte, o meia Roger arriscou de fora da área e a bola passou perto da meta alvinegra. A resposta do Santos foi apenas aos sete minutos, numa cobrança de falta de Neymar, Rafael fez boa defesa. Mas o Cruzeiro parecia um time motivado na segunda etapa. O meia Gilberto trocou passes e bateu para o gol, a bola desvia na zaga e vai para escanteio. No lance seguinte, o volante Fabricio dominou e chutou de fora da área, a bola passa perto do gol do Santos. Aos 12 minutos, o atacante Bobô dominou no peito e chutou para uma grande intervenção de Rafael. O Cruzeiro adiantava a marcação, roubava as bolas no ataque e chegava à base de chutes de longa distância. Santos tinha dificuldade para articular os ataques. Aos 20 minutos Neymar recebeu lançamento da esquerda e cruzou para área, Alan Kardec não conseguiu alcançar a bola.

O Cruzeiro ficou com um jogador a menos depois de uma jogada em que Neymar deu um chapéu no zagueiro Léo, que parou o atacante com falta e levou o segundo amarelo. O Santos partiu para o ataque tentando tirar proveito do fato de ter um homem a mais. E aos 33 minutos, Neymar tocou para Alan Kardec, que chegava sozinho na área. O passe saiu curto e a defesa tirou. A equipe alvinegra seguia no ataque, e o meia Felipe Anderson lançou para Alan Kardec, o atacante chutou em cima do goleiro cruzeirense. No fim do jogo, o volante Fabrício foi expulso após uma falta dura em Neymar. Com a vitória o Santos subiu para a 12ª posição com 29 pontos, já o Cruzeiro caiu para a 13ª posição com um ponto a menos.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247