CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

São Cristóvão: vereadores querem CPI da Merenda

O líder da oposição na Câmara de Vereadores de São Cristóvão, Paulo Junior, afirmou que após a divulgação na imprensa de denúncias sobre fraudes nas licitações de merenda escolar, será instalada uma CPI no Legislativo; "Depois dos fatos descobertos na imprensa a oposição achou que deve ser investigado com 5 de oposição e 6 de situação protocolaram na Câmara um documento para abertura da CPI para investigar todas as denuncias sobre a merenda escolar. Tenho certeza que os demais vereadores vão assinar e essa CPI será realizada", afirmou

Imagem Thumbnail
O líder da oposição na Câmara de Vereadores de São Cristóvão, Paulo Junior, afirmou que após a divulgação na imprensa de denúncias sobre fraudes nas licitações de merenda escolar, será instalada uma CPI no Legislativo; "Depois dos fatos descobertos na imprensa a oposição achou que deve ser investigado com 5 de oposição e 6 de situação protocolaram na Câmara um documento para abertura da CPI para investigar todas as denuncias sobre a merenda escolar. Tenho certeza que os demais vereadores vão assinar e essa CPI será realizada", afirmou (Foto: Leonardo Lucena)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Sergipe 247 - O líder da oposição na Câmara de Vereadores de São Cristóvão, Paulo Junior, afirmou que após a divulgação na imprensa de denúncias sobre fraudes nas licitações de merenda escolar, será instalada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Legislativo.

"Depois dos fatos descobertos na imprensa a oposição achou que deve ser investigado com 5 de oposição e 6 de situação protocolaram na Câmara um documento para abertura da CPI para investigar todas as denuncias sobre a merenda escolar. Tenho certeza que os demais vereadores vão assinar e essa CPI será realizada", afirmou ao G1.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em relação ao anuncio do novo prefeito da cidade, Jorge Eduardo, o parlamentar disse que acredita em uma continuidade do grupamento político. "Eu acho que é a continuidade do grupamento político que está administrando a cidade. Espero que coloquem em prática tudo aquilo que eles prometeram nas eleições. Quero colocar a bancada da oposição à disposição para que seja feito o melhor pelo povo de São Cristóvão", acrescentou.

A prefeita de São Cristóvão, município da Grande Aracaju, Rivanda Batalha (PSB), afirmou que renunciou ao cargo para colaborar com as investigações da Justiça. "Não faço parte da quadrilha que se instalou em Sergipe e quero ajudar na celeridade das investigações. Tenho plena consciência que nada tenho a dever. Coloco à disposição da Justiça todos os meus dados bancários, fiscais, sigilo telefônico ou qualquer medida que possa colaborar com a elucidação dos fatos", disse.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO