São Paulo só empata em casa, mas recupera liderança

nico ponto positivo da noite foi o gol de Willian, que permitiu o placar de 1 a 1 contra o Comercial, no Morumbi

São Paulo só empata em casa, mas recupera liderança
São Paulo só empata em casa, mas recupera liderança (Foto: Gaspar Nóbrega/VIPCOMM)

O São Paulo não conseguiu repetir nesta quinta-feira a boa atuação que teve domingo contra a Ponte Preta. Jogando em casa, pela sexta rodada do Paulistão, só empatou em 1 a 1 com o Comercial e chegou à sua segunda partida seguida sem jogar bem no Morumbi. O mesmo já havia acontecido no 1 a 1 diante do Guarani, há uma semana. O único ponto positivo da noite foi o gol de Willian, logo aos 5 minutos, o quarto dele nos três jogos que fez como substituto do lesionado Luis Fabiano.

Com muitos erros de passe no primeiro tempo, falha da zaga no gol do Comercial e desorganização em toda a segunda etapa, o São Paulo lamentou o empate em casa, mas pelo menos se manteve líder. A equipe tricolor tem os mesmos 14 pontos que seus rivais Palmeiras e Corinthians, mas fica à frente pelo saldo de gols (oito contra cinco dos demais).

O empate esfria a equipe do São Paulo, que precisava de embalo para o clássico de domingo, no Pacaembu, diante do Corinthians. Já o Comercial tem pela frente, no mesmo dia, o São Caetano, no ABC Paulista.

O JOGO - Com praticamente a mesma formação que jogou bem na vitória sobre a Ponte Preta (só João Filipe entrou no lugar do machucado Piris), o São Paulo começou a partida no Morumbi com tudo. E abriu o placar num belo lance. Cícero deu ótimo passe para Willian, na entrada da área. O atacante mostrou uma habilidade ainda escondida desde que chegou ao clube. Matou no peito adiantando a bola e bateu na saída do goleiro, abrindo o placar.

O futebol do São Paulo no primeiro tempo, porém, parou por aí. Com excesso de meias ofensivos (quatro, a se contar também Lucas) e dois laterais que sobem demais, o time tricolor viu seus meias se encavalarem e errarem muitos passes. Tímido, o Comercial não aproveitava. Só o fez aos 44, num chute cruzado de Bruno Reis, que saiu pela linha de fundo.

Para o segundo tempo, Leão arrumou o time e acabou com as adaptações. Tirou Maicon e colocou Denilson, deixando o time com dois volantes de ofício. Também trocou Jadson por Osvaldo para que o ataque fosse composto por dois jogadores de origem. Lucas ganhou liberdade para jogar o que sabe, mas o time perdeu a cadência no meio-campo.

A ideia é que o time melhorasse, mas faltou combinar com a zaga. Um chutão da defesa do Comercial passou por cima de Rhodolfo, que errou o tempo de bola, encobriu também Paulo Miranda, muito mal posicionado, e caiu nos pés de Jailton, que saiu na cara de Denis e só teve o trabalho de marcar.

O empate acordou o São Paulo. A equipe da casa passou a buscar o gol de todas as maneiras. Lucas novamente se destacava. Tentou com chutes de longe (num deles Alex fez ótima defesa), com jogada individual com direito a chapéu e em jogada de linha de fundo que Osvaldo depois furou. O problema é que as demais peças não funcionavam.

Em uma última tentativa, Leão trocou Willian por Fernandinho. Mais uma vez, de nada adiantou. Apesar da correria do ponta-esquerda, a equipe não conseguiu criar nenhuma boa chance de gol.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 1 X 1 COMERCIAL

SÃO PAULO - Denis; João Filipe, Edson Silva, Rhodolfo e Cortez; Casemiro, Cícero, Maicon (Denilson) e Jadson (Cícero); Lucas e Willian (Fernandinho). Técnico - Emerson Leão.

COMERCIAL - Alex; Sidny, Fabão, Rafael Tavares e Jordã; Bruno Reis (Wellington), Ricardo Conceição, Jailton (Daniel Costa) e Carlos Magno; Thiago Galhardo (Marcel) e Elionar Bombinha. Técnico - Márcio Fernandes.

GOLS - Willian, aos 5 minutos do primeiro tempo, e Jailton, a 1 minuto do segundo.

ÁRBITRO - Leandro Bizzio Marinho.

CARTÕES AMARELOS - Osvaldo, João Filipe, Casemiro, Alex, Elionar Bombinha, Jordã e Jailton.

RENDA - R$ 198.200,00.

PÚBLICO - 8.003 pagantes.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247