CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

São Paulo vence o Cruzeiro

No dia da apresentação de Ganso aos torcedores, Tricolor vence por 1X0 e encosta no G-4

São Paulo vence o Cruzeiro (Foto: Edu Saraiva/Frame)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Band Esportes- O São Paulo venceu o Cruzeiro por 1 a 0 na tarde deste domingo, no Morumbi, e viu o atacante Osvaldo dar sinais de que está pronto para ser titular da equipe. Sob os olhos do meia Paulo Henrique Ganso, novo contratado, o Tricolor melhorou no segundo tempo e garantiu a permanência no pelotão da frente, na briga pela Libertadores. O Cruzeiro não venceu pela quinto jogo seguido.

O camisa 17 comandou a vitória são-paulina, que teve influência direta das alterações feitas pelo técnico Ney Franco no início do segundo tempo. Osvaldo atuou na ponta-esquerda, e foi o único que produziu para o Tricolor no primeiro tempo. Na segunda etapa, com o time da casa ajustado, ele apareceu ainda mais, e marcou o gol da vitória.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O Cruzeiro sofreu com os desfalques que tinha antes de a bola rolar, e com os que teve no decorrer da partida. Ainda na primeira etapa, o técnico Celso Roth teve de substituir seus dois atacantes. Saíram Wallyson e Wellington Paulista, e vieram os ex-são-paulinos Borges e Souza. Os mineiros ficaram ainda mais rendidos quando, ainda no início da segunda etapa, o volante Charles teve de sair também por conta de lesão. Com isso, Roth não teve como fazer qualquer alteração para mudar o esquema tático e recolocar seu time na partida.

E assim o São Paulo aproveitou. No primeiro tempo, havia um abismo entre os dois volantes - Denilson e Maicon - e o meia Jadson, responsável pela criação de jogadas. Como resultado, um péssimo futebol. No segundo tempo, Jadson veio buscar o jogo, criou espaços, mas continuou errando passes simples. A partir da entrada de Wellington no lugar de Maicon, o time mandante conseguiu controlar o meio de campo.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Fundamental para a vitória são-paulina foi também o jovem Ademilson, sob a responsabilidade da camisa 11. Ele entrou no lugar de Willian José, que quase não participou da partida, e mudou o jogo. Encostou nas pontas para criar jogadas com Lucas e Osvaldo, saiu da área para dar opção para Jadson, quase abriu o placar depois de belo toque do zagueiro Paulo Miranda e particpou do lance do gol.

Com o resultado, o Cruzeiro se distancia na briga pela Libertadores, e se mantém com 35 pontos. O São Paulo, por sua vez, encosta no primeiro pelotão, e segue na briga pela classificação para o torneio continental. Na próxima rodada, o Cruzeiro enfrenta o Internacional, no sábado, no Melão, em Varginha. O São Paulo pega o Coritiba no Couto Pereira, no próximo domingo, mas antes disso vai ao Equador, onde pega a LDU de Loja, pela Copa Sul-Americana.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

 

 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO