SBT negocia cotas de R$ 7,9 milhões por Fla-Flu e dividirá faturamento com Flamengo

A emissora vende cada uma das cotas pelo valor de tabela de R$ 7,9 milhões, considerado alto para apenas uma transmissão. O canal de Silvio Santos e o Flamengo dividirão os lucros com anunciantes para a transmissão do clássico contra o Fluminense

Mailson Santana/Fluminense FC
Mailson Santana/Fluminense FC (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O SBT negocia com anunciantes e agências com quem tem contato no mercado para vender cotas de patrocínio. A emissora vende cada uma das cotas pelo valor de tabela de R$ 7,9 milhões, considerado alto para apenas uma transmissão. O clássico entre Flamengo e Fluminense ocorre nesta quarta-feira (15) na partida de volta pela final do Campeonato Carioca. No primeiro duelo o rubro-negro venceu por 2x1 - o tricolor era o mandante do jogo.

O canal de Silvio Santos e o Flamengo dividirão os lucros com anunciantes, de acordo com reportagem publicada pelo portal Uol. Uma cota de patrocínio foi vendida ao aplicativo financeiro PicPay. Outra é negociada com a Ambev, que pretende expor a marca Brahma na transmissão. A expectativa é fechar os acordos até o fim da tarde desta terça-feira (14).

Patrocinadores pressionaram o Rubro-Negro e pediram que a diretoria carioca buscasse uma maneira de exibir a final do Estadual na TV aberta para aumentar a exposição de suas marcas. 

PUBLICIDADE

O jogo será narrado por Téo José, que trabalha no Fox Sports e foi cedido gentilmente pela Disney ao SBT para a transmissão pontual. Os comentaristas ainda serão definidos. Nomes como Zico e Andrade, além de Branco e Roberto Rivellino, todos ligados ao Flamengo e ao Fluminense, foram cogitados.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email