Secretaria de Cultura inicia preparações para as Olímpiadas

Belo Horizonte sediará, no Mineirão, dez partidas do torneio de futebol masculino e feminino, entre jogos Olímpicos e Paralímpicos. Minas Gerais receberá quatro comitês, sendo dois britânicos e dos irlandeses e três delegações estrangeiras - duas do Canadá e uma da China – além de uma brasileira

Belo Horizonte sediará, no Mineirão, dez partidas do torneio de futebol masculino e feminino, entre jogos Olímpicos e Paralímpicos. Minas Gerais receberá quatro comitês, sendo dois britânicos e dos irlandeses e três delegações estrangeiras - duas do Canadá e uma da China – além de uma brasileira
Belo Horizonte sediará, no Mineirão, dez partidas do torneio de futebol masculino e feminino, entre jogos Olímpicos e Paralímpicos. Minas Gerais receberá quatro comitês, sendo dois britânicos e dos irlandeses e três delegações estrangeiras - duas do Canadá e uma da China – além de uma brasileira (Foto: Luis Mauro Queiroz)

Agência Minas - O secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo, se reuniu, nesta semana, com dirigentes do Sistema Estadual de Cultura, para uma apresentação dos trabalhos do Núcleo de Articulação Minas 2016, grupo encarregado por promover as ações necessárias ao cumprimento das normas para a realização das competições dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos em Minas, sob a coordenação da Secretaria de Estado de Esportes (Seesp).

O encontro aconteceu, na quarta-feira (24/6), no Centro de Arte Popular Cemig, no Circuito Cultural Praça da Liberdade, e contou com a participação de Lucas Guimaraens, suplente do secretário no Núcleo Minas 2016, de Marcela França, do Grupo de Trabalho Minas 2016, de gestores dos órgãos e entidades ligados ao governo e também de representantes dos equipamentos culturais do Circuito e de toda a cidade.

Angelo Oswaldo afirmou que o empenho, neste momento, será construir um calendário de atrações que possa conectar Belo Horizonte aos outros municípios que receberão as Olímpiadas e Paralimpíadas "num programa de interesse do campo da cultura e que funcione como uma extensão importante do roteiro dos jogos". O secretário lembrou, ainda, que Minas possui "um elenco rico e variável de manifestações culturais para apresentar aos visitantes", concluiu.

Jogos

Belo Horizonte sediará, no Mineirão, dez partidas do torneio de futebol masculino e feminino, entre jogos Olímpicos e Paralímpicos. Minas Gerais receberá quatro comitês, sendo dois britânicos e dos irlandeses e três delegações estrangeiras - duas do Canadá e uma da China – além de uma brasileira.

Durante o evento, o Estado terá 16 centros de treinamento, sendo quatro na capital, quatro em Uberlândia, dois em Juiz de Fora, um em Barbacena, um em Governador Valadares, um em Poços de Caldas, um em São Sebastião do Paraíso, um em Varginha e outro em Viçosa.

Cada órgão do Sistema Estadual de Cultura deverá sugerir o equipamento que poderá dispor para as Olimpíadas e Paralimpíadas ou que atividade da programação será possível realizar sem onerar a Secretaria. A secretária executiva do núcleo de articulação do Minas 2016, Luciana Las Casas, mostrou aos dirigentes que integram o Sistema de Cultura como será construída os dois eventos internacionais no Brasil e, mais precisamente, em Minas.

"É fundamental termos espaços não-onerosos ao Estado e entender que são dois grandes acontecimentos internacionais que terão Minas Gerais como uma das sedes. Os Jogos Olímpicos e Paralimpicos têm suas próprias especificidades e cada um deles se configura como um momento para o estado", afirmou a secretária executiva.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247