Secretário de Justiça é acusado de assédio sexual

Vazaram trechos de denúncia feita por servidoras contra o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Almiro Sena; ele é acusado de assédio moral e sexual; uma das supostas vítimas descreve como o secretário e promotor de Justiça teria praticado o assédio. "...sendo chamada diversas vezes em seu gabinete, onde foi constrangida pelo então secretário da pasta em seu gabinete... Lá este abraçava, abordava assuntos e atitudes íntimas de maneira continuada, aproveitando o gesto para encostar na perna da servidora seu órgão sexual, além de tentar beijá-la à força"

Vazaram trechos de denúncia feita por servidoras contra o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Almiro Sena; ele é acusado de assédio moral e sexual; uma das supostas vítimas descreve como o secretário e promotor de Justiça teria praticado o assédio. "...sendo chamada diversas vezes em seu gabinete, onde foi constrangida pelo então secretário da pasta em seu gabinete... Lá este abraçava, abordava assuntos e atitudes íntimas de maneira continuada, aproveitando o gesto para encostar na perna da servidora seu órgão sexual, além de tentar beijá-la à força"
Vazaram trechos de denúncia feita por servidoras contra o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Almiro Sena; ele é acusado de assédio moral e sexual; uma das supostas vítimas descreve como o secretário e promotor de Justiça teria praticado o assédio. "...sendo chamada diversas vezes em seu gabinete, onde foi constrangida pelo então secretário da pasta em seu gabinete... Lá este abraçava, abordava assuntos e atitudes íntimas de maneira continuada, aproveitando o gesto para encostar na perna da servidora seu órgão sexual, além de tentar beijá-la à força" (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Vazaram trechos de denúncia feita por servidoras contra o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), Almiro Sena. Ele é acusado de assédio moral e sexual e o Ministério Público do Estado da Bahia (MPE) já começou apuração das denúncias. Ele também é promotor de Justiça e integra o governo de Jaques Wagner pela cota do PRB.

O documento foi obtido pelo site Bocão News. Transcrição do depoimentos das vítimas contas de cinco páginas.

Uma das supostas vítimas descreve como o secretário e promotor de Justiça Almiro Sena teria praticado o assédio. "...sendo chamada diversas vezes em seu gabinete, onde foi constrangida pelo então secretário da pasta em seu gabinete... Lá este abraçava, abordava assuntos e atitudes íntimas de maneira continuada, aproveitando o gesto para encostar na perna da servidora seu órgão sexual, além de tentar beijá-la à força", diz o documento.

Ainda de acordo com o Bocão News, as denunciantes afirmam que eram intimadas a comparecer à sala de Almiro Sena por meio de sua secretária, que fazia questão de, em tom ameaçador, enfatizar que os empregos das supostas vítimas estavam em jogo.

Em nota à imprensa, o secretário Almiro Sena negou o suposto assédio e disse que está sendo perseguido. O governo do Estado ainda não se pronunciou. O Ministério Público prometeu investigação "minuciosa e célere".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247