Secretário nega saída do SD da base de ACM Neto

O secretário de Urbanismo de Salvador, Silvio Pinheiro, nega que o Partido Solidariedade (SD) esteja de saída da base de apoio ao prefeito ACM Neto (DEM) na Câmara Municipal; ele ainda aproveita para atacar o PT; "O partido não está negociando com o governo Rui Costa. O Solidariedade jamais trocaria um barco navegando em mar de almirante, para entrar no barco do PT, que afunda a cada dia", disse Silvio nesta segunda-feira

O secretário de Urbanismo de Salvador, Silvio Pinheiro, nega que o Partido Solidariedade (SD) esteja de saída da base de apoio ao prefeito ACM Neto (DEM) na Câmara Municipal; ele ainda aproveita para atacar o PT; "O partido não está negociando com o governo Rui Costa. O Solidariedade jamais trocaria um barco navegando em mar de almirante, para entrar no barco do PT, que afunda a cada dia", disse Silvio nesta segunda-feira
O secretário de Urbanismo de Salvador, Silvio Pinheiro, nega que o Partido Solidariedade (SD) esteja de saída da base de apoio ao prefeito ACM Neto (DEM) na Câmara Municipal; ele ainda aproveita para atacar o PT; "O partido não está negociando com o governo Rui Costa. O Solidariedade jamais trocaria um barco navegando em mar de almirante, para entrar no barco do PT, que afunda a cada dia", disse Silvio nesta segunda-feira (Foto: Romulo Faro)

Romulo Faro_Bahia 247 - O secretário de Urbanismo de Salvador, Silvio Pinheiro, nega que o Partido Solidariedade (SD) esteja de saída da base de apoio ao prefeito ACM Neto (DEM) na Câmara Municipal de Salvador.

"O partido não está negociando com o governo Rui Costa. O Solidariedade jamais trocaria um barco navegando em mar de almirante, para entrar no barco do PT, que afunda a cada dia", disse Silvio nesta segunda-feira (28) em entrevista à rádio Metrópole.

Silvio Pinheiro é um dos concorrentes à vaga de candidato a vice-prefeito na chapa de ACM Neto em outubro próximo. Nos bastidores, o SD estaria deixando a base de ACM para negociar o ingresso no governo de Rui Costa.

Situação similar (de forma mais explícita) é do PDT, que já voltou para a base de Rui na Assembleia Legislativa, com os dois deputados que lhe restaram depois da chamada 'janela partidária', pelo meio da qual três foram para o PSL.

Com o movimento, os vereadores Kiki Bispo e Leandro Guerrilha saíram do PDT na semana passada, após pouco mais de terem entrado no partido.

Ficou apenas o presidente municipal do PDT, vereador Odiosvaldo Vigas, que promete não sair do partido e ainda permanecer na base de ACM Neto, o que fica difícil com o retorno do partido à base de Rui Costa em nível estadual.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247