Seis deputados do TO votaram para anistiar corrupção de Temer

Dos oito deputados federais da bancada tocantinense, seis deles votaram favoráveis à rejeição da denúncia de organização criminosa e obstrução de Justiça contra Michel Temer e os ministro Eliseu Padilha e Moreira Franco; votaram pela aprovação do relatório os deputados Carlos Gaguim (Podemos), César Halum (PRB), Dulce Miranda (PMDB), Lázaro Botelho (PP), Professora Dorinha (DEM) e Vicentinho Júnior (PR). Na primeira denúncia, cinco parlamentares do Estado tinham votado com Temer; contra o relatório do deputado tucano Bonifácio de Andrada votou apenas o deputado Irajá Abreu (PSD). A deputada Josi Nunes (PMDB) se ausentou da sessão; Halum foi o único que mudou o voto em relação à primeira denúncia de 3 de agosto

Dos oito deputados federais da bancada tocantinense, seis deles votaram favoráveis à rejeição da denúncia de organização criminosa e obstrução de Justiça contra Michel Temer e os ministro Eliseu Padilha e Moreira Franco; votaram pela aprovação do relatório os deputados Carlos Gaguim (Podemos), César Halum (PRB), Dulce Miranda (PMDB), Lázaro Botelho (PP), Professora Dorinha (DEM) e Vicentinho Júnior (PR). Na primeira denúncia, cinco parlamentares do Estado tinham votado com Temer; contra o relatório do deputado tucano Bonifácio de Andrada votou apenas o deputado Irajá Abreu (PSD). A deputada Josi Nunes (PMDB) se ausentou da sessão; Halum foi o único que mudou o voto em relação à primeira denúncia de 3 de agosto
Dos oito deputados federais da bancada tocantinense, seis deles votaram favoráveis à rejeição da denúncia de organização criminosa e obstrução de Justiça contra Michel Temer e os ministro Eliseu Padilha e Moreira Franco; votaram pela aprovação do relatório os deputados Carlos Gaguim (Podemos), César Halum (PRB), Dulce Miranda (PMDB), Lázaro Botelho (PP), Professora Dorinha (DEM) e Vicentinho Júnior (PR). Na primeira denúncia, cinco parlamentares do Estado tinham votado com Temer; contra o relatório do deputado tucano Bonifácio de Andrada votou apenas o deputado Irajá Abreu (PSD). A deputada Josi Nunes (PMDB) se ausentou da sessão; Halum foi o único que mudou o voto em relação à primeira denúncia de 3 de agosto (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - Dos oito deputados federais da bancada tocantinense, seis deles votaram favoráveis à rejeição da denúncia de organização criminosa e obstrução de Justiça contra Michel Temer e os ministro Eliseu Padilha e Moreira Franco. 

Votaram pela aprovação do relatório os deputados Carlos Gaguim (Podemos), César Halum (PRB), Dulce Miranda (PMDB), Lázaro Botelho (PP), Professora Dorinha (DEM) e Vicentinho Júnior (PR). Na primeira denúncia, cinco parlamentares do Estado tinham votado com Temer.

Contra o relatório do deputado tucano Bonifácio de Andrada votou apenas o deputado Irajá Abreu (PSD). A deputada Josi Nunes (PMDB) se ausentou da sessão.

Halum foi o único que mudou o voto em relação à primeira denúncia de 3 de agosto. Na ocasião, Halum disse que votaria a favor das investigações por coerência, por ter votado favorável ao impeachment da presidente Dilma Rousseff e do afastamento do ex-deputado Eduardo Cunha. 

Irajá votou nas duas vezes contra Temer, apoiando a continuidade das investigações. Gaguim, Dulce, Lázaro e Dorinha votaram nas duas vezes contra as investigações. Josi, que se ausentou nesta quarta, na primeira votação foi a favor do presidente. Vicentinho Júnior, que agora votou a favor do presidente, tinha se ausentado na sessão que avaliou a primeira denúncia. (Com informações do Portal CT)

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247