Sem reajuste, servidores de Maceió entram em greve

Os servidores públicos de Maceió decidiram entrar em greve por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira (22); insatisfação das categorias foi causada pela proposta da Prefeitura de não conceder qualquer reajuste nos salários; justificativa foi falta de condições de oferecer o reajuste solicitado pelo sindicato desde o começo de 2017

novo pr�dio da prefeitura de Macei�
novo pr�dio da prefeitura de Macei� (Foto: Voney Malta)

Alagoas 247 - Os servidores públicos de Maceió entram em greve por tempo indeterminado a partir desta quinta-feira (22). Nesta manhã, as categorias devem se reunir para um protesto contra a proposta de 0% de reajuste oferecida pela Prefeitura.

Os servidores não aprovaram a proposta da Prefeitura e alegam que as contas às quais os sindicalistas tiveram acesso apontam para a possibilidade de um reajuste de 6,29%, correspondente à inflação do período de 2016-2017. 

O Município alegou que não tem condições de oferecer o reajuste solicitado pelo sindicato desde o começo de 2017. A conjuntura nacional, a incerteza econômica e o estrangulamento das contas impedem o aumento salarial dos servidores. 

O presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Maceió (Sindspref), Sidney Lopes, confirmou que todos os servidores foram convocados para o ato e que a maioria decidiu pela greve por não concordar com a proposta do Executivo. "O município de Maceió teve crescimento de 8,2% nos repasses e a Prefeitura diz que não tem recursos para reajustar o salário dos servidores. Não podemos concordar". 

A greve inclui servidores de diversas áreas como educação e saúde, mas ainda não há informações sobre o funcionamento dos serviços públicos no período. 

Com gazetaweb.com

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247