Senado debate implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia

A implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) será debatida em audiência pública da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), nesta quarta-feira (16), às 11h; para o debate foram convidados o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Naomar Monteiro de Almeida Filho; o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Jesualdo Pereira Farias; e Osvaldo Barreto Filho, secretário de Educação do estado da Bahia

A implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) será debatida em audiência pública da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), nesta quarta-feira (16), às 11h; para o debate foram convidados o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Naomar Monteiro de Almeida Filho; o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Jesualdo Pereira Farias; e Osvaldo Barreto Filho, secretário de Educação do estado da Bahia
A implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) será debatida em audiência pública da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), nesta quarta-feira (16), às 11h; para o debate foram convidados o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Naomar Monteiro de Almeida Filho; o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Jesualdo Pereira Farias; e Osvaldo Barreto Filho, secretário de Educação do estado da Bahia (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - A implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) será debatida em audiência pública da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), nesta quarta-feira (16), às 11h.

Para o debate foram convidados o reitor da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Naomar Monteiro de Almeida Filho; o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação, Jesualdo Pereira Farias; e Osvaldo Barreto Filho, secretário de Educação do estado da Bahia.

A criação da UFSB, com sede na cidade de Itabuna e com um campus em Porto Seguro e outro em Teixeira de Freitas, foi aprovada pelo Senado em 8 de maio de 2013 e sancionada pela presidente Dilma Rousseff em 5 de junho do mesmo ano.

Modelo pedagógico

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) foi a relatora do projeto de criação da universidade e uma das autoras do requerimento para a audiência pública, junto com a senadora Fátima Bezerra (PT-RN).

Uma das características da instituição é o ingresso dos alunos nos programas de bacharelado interdisciplinar, em que o estudante escolhe uma entre quatro grandes áreas de atuação: Artes; Humanidades; Saúde; Ciência e Tecnologia. Após concluir o bacharelado, com duração de três anos, o aluno poderá fazer uma opção mais específica, escolhendo uma carreira profissional.

O bacharelado interdisciplinar já é adotado em instituições como a Universidade Federal da Bahia e a Universidade Federal do ABC, no estado de São Paulo.

Além disso, a nova universidade oferece aos moradores dos municípios do sul da Bahia com mais de 20 mil habitantes a possibilidade de ingressar em seus cursos por meio de colégios universitários instalados em suas próprias localidades.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email