Senador defende ampliação do sistema hidroviário

Para o senador Paulo Paim (PT-RS), a mobilidade por meio de hidrovias apresenta inúmeras vantagens econômicas, sociais e ambientais, quando comparada com rodovias e ferrovias; "Os rios possuem potencial para transporte de pessoas a preços muito menores que ônibus e aviões", disse

Em discurso na tribuna do Senado, senador Paulo Paim (PT-RS)
Em discurso na tribuna do Senado, senador Paulo Paim (PT-RS) (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Senado - O senador Paulo Paim (PT-RS) defendeu nesta sexta-feira (16), em discurso da tribuna, a ampliação do sistema hidroviário no país. Conforme ressaltou, essa modalidade apresenta inúmeras vantagens econômicas, sociais e ambientais, quando comparada com rodovias e ferrovias.

– Os rios possuem potencial para transporte de pessoas a preços muito menores que ônibus e aviões – disse, ressaltando ainda que a ampliação do transporte hidroviário representaria uma redução dos acidentes verificados nas estradas do país.

O parlamentar destacou ainda as vantagens ambientais das hidrovias.

– O modal hidroviário apresenta eficiência energética 29 vezes superior ao rodoviário. Além disso, consome 19 vezes menos combustível e emite seis vezes menos gás carbônico. Em outras palavras, é um meio de transporte ecologicamente correto e ambientalmente sustentável ¬– disse.

Paim observou ainda que o uso do sistema hidroviário para circulação de pessoas e mercadorias permitiria uma "substancial redução de tarifas e fretes".

– De acordo com o Ministério dos Transportes, o frete hidroviário para minérios e grãos é cerca de metade do valor do modal ferroviário e de apenas 25% do valor do frete rodoviário – disse.

Ele informou ainda que, enquanto um caminhão consome 96 litros de diesel por quilômetro para transportar uma tonelada, a mesma carga transportada por hidrovia consome apenas cinco litros de diesel por quilômetro.

Apesar de todas essas vantagens, disse, o transporte de cargas por hidrovias representa hoje apenas 4% do total, contra 58% do transporte rodoviário.

No pronunciamento, Paim também informou que já foram iniciadas as providências para viabilizar a hidrovia Brasil-Uruguai, chamada de hidrovia do Mercosul.

– A implantação da hidrovia do Mercosul é um exemplo do grande potencial de crescimento do transporte hidroviário no Brasil, relegado, por décadas, a segundo plano – disse. O parlamentar afirmou que irá acompanhar a implantação dos projetos e lutar por recursos orçamentários para o financiamento do transporte hidroviário.

Orçamento Impositivo

No início do pronunciamento, Paulo Paim elogiou a aprovação pela Câmara, em primeiro turno, da PEC do Orçamento Impositivo (PEC 565/06). A matéria será votada em segundo turno pelos deputados e depois será analisada pelo Senado.

– O orçamento impositivo fortalece a democracia, porque o próprio Executivo vai ter que negociar mais com o Congresso Nacional. Vai ser um debate franco, aberto, e aquilo que for votado aqui vai ter que ser cumprido – frisou.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email