Serra confessa ter sabotado projeto do trem-bala

Senador eleito por São Paulo, José Serra (PSDB), fez ontem uma confissão grave; ele afirmou para uma plateia de simpatizantes ao PSDB que inseriu Campinas no projeto do trem-bala, para atrasá-lo; Serra disse considerar "hilariante" a proposta do projeto do trem-bala, que ligaria São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas; para o tucano, o projeto é "falido"; Serra fez a alteração quando era governador de São Paulo

www.brasil247.com - Senador eleito por São Paulo, José Serra (PSDB), fez ontem uma confissão grave; ele afirmou para uma plateia de simpatizantes ao PSDB que inseriu Campinas no projeto do trem-bala, para atrasá-lo; Serra disse considerar "hilariante" a proposta do projeto do trem-bala, que ligaria São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas; para o tucano, o projeto é "falido"; Serra fez a alteração quando era governador de São Paulo
Senador eleito por São Paulo, José Serra (PSDB), fez ontem uma confissão grave; ele afirmou para uma plateia de simpatizantes ao PSDB que inseriu Campinas no projeto do trem-bala, para atrasá-lo; Serra disse considerar "hilariante" a proposta do projeto do trem-bala, que ligaria São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas; para o tucano, o projeto é "falido"; Serra fez a alteração quando era governador de São Paulo (Foto: Valter Lima)


247 - O senador eleito por São Paulo, José Serra (PSDB), fez ontem uma confissão grave. Ele afirmou para uma plateia de simpatizantes ao PSDB que inseriu Campinas no projeto do trem-bala, para atrasá-lo. Ele disse considerar "hilariante" a proposta do projeto do trem-bala, que ligaria São Paulo, Rio de Janeiro e Campinas. Para o tucano, o projeto é "falido". Serra fez a alteração quando era governador de São Paulo.

Ele disse ainda que o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, de quem era próximo, concordou com sua análise e ajudou a atrasar o andamento da proposta. "Enfiei Campinas logo que veio o projeto. Para quê? Para complicar, verdade, para ganhar tempo. Peguei o Luciano Coutinho, que é o presidente do BNDES, foi meu colega, um sujeito informado, e falei 'você não vai entrar nessa loucura de trem bala, né?'. Então eu vou propor que o BNDES faça um estudo e você demora. E ele fez mesmo, demorou para burro, sabe? Para ganhar tempo", disse Serra.

Questionado pelo Broadcast Político, serviço da Agência Estado de notícias em tempo real, sobre o assunto após o evento, Serra disse que a sua fala ali não era "coisa para levar para jornalista", mas admitiu que usou estratégias para protelar o projeto do trem-bala, que, segundo ele, demonstrou depois não ter viabilidade econômica.

A assessoria de imprensa do BNDES afirmou que a informação não procede e disse que "a decisão de incluir Campinas no traçado do trem de alta velocidade foi tomada para atender a demandas da própria região e aproveitar o potencial do aeroporto de Viracopos."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email