Serra exalta seus projetos e diz: 'vamos ocupar-nos da crise'

Senador José Serra (PSDB) defende a implantação do voto distrital nas cidades com mais de 200 mil eleitores; ele propõe ainda a extinção das Mesas das casas legislativas brasileiras, a criação da Nota Fiscal Brasileira (NFB) e alterações na partilha na exploração das reservas do pré-sal, que, por outro lado, sugere o "enxugamento" da Petrobras; “Existe, sim, muito por fazer, desde que se tenha clareza de propósitos. Vale dizer: nós vamos ocupar-nos da crise, não a crise de nós”, defende ele 

Senador José Serra (PSDB) defende a implantação do voto distrital nas cidades com mais de 200 mil eleitores; ele propõe ainda a extinção das Mesas das casas legislativas brasileiras, a criação da Nota Fiscal Brasileira (NFB) e alterações na partilha na exploração das reservas do pré-sal, que, por outro lado, sugere o "enxugamento" da Petrobras; “Existe, sim, muito por fazer, desde que se tenha clareza de propósitos. Vale dizer: nós vamos ocupar-nos da crise, não a crise de nós”, defende ele 
Senador José Serra (PSDB) defende a implantação do voto distrital nas cidades com mais de 200 mil eleitores; ele propõe ainda a extinção das Mesas das casas legislativas brasileiras, a criação da Nota Fiscal Brasileira (NFB) e alterações na partilha na exploração das reservas do pré-sal, que, por outro lado, sugere o "enxugamento" da Petrobras; “Existe, sim, muito por fazer, desde que se tenha clareza de propósitos. Vale dizer: nós vamos ocupar-nos da crise, não a crise de nós”, defende ele  (Foto: Roberta Namour)

247 – Em artigo, o senador tucano José Serra exalta seus projetos apresentados no Congresso que, segundo ele, poderiam contribuir para melhorar a situação política e econômica do Brasil. “Existe, sim, muito por fazer, desde que se tenha clareza de propósitos. Vale dizer: nós vamos ocupar-nos da crise, não a crise de nós”.

Entre eles, ele cita a implantação do voto distrital nas cidades com mais de 200 mil eleitores: “Como consequência, os custos de campanha cairão vertiginosamente, aumentará a representatividade do vereador e o eleitor dos distritos poderá acompanhar a atuação do eleito.”.

Serra propõe ainda a extinção das Mesas das casas legislativas brasileiras e a criação da Nota Fiscal Brasileira (NFB), baseada na experiência paulista.

Em outro projeto, ele causa polêmica ao visar a revogação da obrigatoriedade de 30% da participação da estatal em licitações para a exploração e produção de petróleo nas camadas do pré-sal. “O resultado foi o endividamento exponencial da Petrobrás e, aspecto menos lembrado, o atraso de cinco anos na exploração de reservas existentes” (leia mais).

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247