Serra não tem pressa em dar resposta sobre Aécio

Apesar de pressionado por tucanos a definir se dará ou não apoio ao pré-candidato do PSDB à presidência, ex-governador de São Paulo diz aos mais próximos que não faz sentido tomar qualquer decisão nesse ano; à cúpula, José Serra pediu a presidência do partido, mas certamente não conseguirá; governador paulista, Geraldo Alckmin, já disse que estará ao lado do senador mineiro em 2014, mas que não quer conflito com a presidente Dilma

Serra não tem pressa em dar resposta sobre Aécio
Serra não tem pressa em dar resposta sobre Aécio
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 – O ex-governador de São Paulo José Serra tem sido pressionado pelo PSDB a dar uma resposta sobre se irá ou não apoiar o pré-candidato do partido à presidência da República, Aécio Neves. O tucano, porém, vem se esquivando do assunto e, aos mais próximos, diz que não faz sentido tomar qualquer decisão nesse ano. No último evento partidário da legenda, em São Paulo, ele não deu as caras.

Serra pediu a presidência nacional do partido, mas não foi atendido pela cúpula, que apoia que o posto seja comandado pelo senador mineiro a partir de maio. Até mesmo o governador paulista, Geraldo Alckmin, que desde o início defendeu que era cedo para lançar a candidatura à presidência, chegando a cogitar prévias, a fim de que Serra pudesse concorrer ao posto de candidato com Aécio, já definiu seu apoio ao mineiro.

De acordo com a coluna Radar On-Line, de Veja, apesar de ter confirmado que estará ao lado do presidenciável na eleição do ano que vem, Alckmin já avisou que não quer conflito com a presidente Dilma Rousseff. O tucano vem confidenciando aos mais próximos que nem ele nem o Estado de São Paulo ganhariam com essa estratégia.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email