CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Servidores da educação decidem manter greve

Os servidores estaduais da educação decidiram continuar com a mobilização ate que o governo discuta as melhorias salariais e receba a categoria. Uma greve por tempo indeterminado pode ser iniciada

Imagem Thumbnail
Os servidores estaduais da educação decidiram continuar com a mobilização ate que o governo discuta as melhorias salariais e receba a categoria. Uma greve por tempo indeterminado pode ser iniciada (Foto: Voney Malta)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Alagoas247 - Os servidores da Educação decidiram, durante assembleia realizada nesta sexta-feira (21), que continuam de braços cruzados até que o governo estadual receba a categoria para discutir as melhorias salarial e de condições de trabalho. E devido à greve, na segunda-feira (24), não haverá aula na rede estadual de ensino mais uma vez.

Uma greve por tempo indeterminado pode ser deflagrada caso o governo do estado não apresente proposta que contemple a categoria. A previsão é a de que uma reunião – na segunda-feira – aconteça entre o governador e integrantes de sindicatos. "Se a gente sair de lá sem nenhuma proposta, é possível que continuemos em greve", avaliou Maria Consuelo Correia, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Além de integrantes do Sinteal, outros sindicatos da Educação também cobram 12% de reajuste salarial, além de 'melhor tratamento' por parte do governo estadual. "A reunião estava marcada para quinta-feira, mas foi desmarcada. Esperamos que, na segunda, a gente possa discutir as propostas. A esperança é a de que avancemos", acrescentou Maria Consuelo.

Esta semana, os servidores da educação de Alagoas seguiram a mobilização nacional e paralisaram as atividades.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A pauta de reivindicações contempla a lei nacional do piso salarial, além da votação imediata do Plano Nacional de Educação (PNE), da carreira e da jornada dos profissionais. Eles ainda repudiam proposta governamental de implantação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que prevê congelamento nos salários.

Com gazetaweb.com

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO