Servidores decidem encerrar greve na Adapec

Os servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adapec), que aderiram à greve do quadro geral pelo pagamento integral da data-base, decidiram nesta quinta-feira, 2, em assembleia, aceitar a proposta do governo do Estado e retornar imediatamente às atividades; a proposta do governo prevê o pagamento da data-base em duas parcelas, sendo uma de forma imediata e outra em outubro; já o pagamento passivo gerado, o parcelamento ficou estipulado em 12 parcelas; a expectativa é que os servidores do Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais (Sisepe) também aceitem a proposta 

Os servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adapec), que aderiram à greve do quadro geral pelo pagamento integral da data-base, decidiram nesta quinta-feira, 2, em assembleia, aceitar a proposta do governo do Estado e retornar imediatamente às atividades; a proposta do governo prevê o pagamento da data-base em duas parcelas, sendo uma de forma imediata e outra em outubro; já o pagamento passivo gerado, o parcelamento ficou estipulado em 12 parcelas; a expectativa é que os servidores do Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais (Sisepe) também aceitem a proposta 
Os servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adapec), que aderiram à greve do quadro geral pelo pagamento integral da data-base, decidiram nesta quinta-feira, 2, em assembleia, aceitar a proposta do governo do Estado e retornar imediatamente às atividades; a proposta do governo prevê o pagamento da data-base em duas parcelas, sendo uma de forma imediata e outra em outubro; já o pagamento passivo gerado, o parcelamento ficou estipulado em 12 parcelas; a expectativa é que os servidores do Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais (Sisepe) também aceitem a proposta  (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - Os servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adapec), que aderiram à greve do quadro geral pelo pagamento integral da data-base, decidiram nesta quinta-feira, 2, aceitar a proposta do governo do Estado e retornar imediatamente às atividades. A categoria realizou assembleia geral simultânea em todas as delegacias regionais da Adapec.

A proposta do governo prevê o pagamento da data-base em duas parcelas, sendo uma de forma imediata e outra em outubro. Já o pagamento passivo gerado, o parcelamento ficou estipulado em 12 parcelas. Quanto ao pagamento de adicional noturno e insalubridade, o Estado informou que aguarda apresentação da necessidade de inclusão, feita pela própria Adapec.

Confira na íntegra a nota dos servidores da Defesa Agropecuária

"Nota

A Associação dos Funcionários da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins AFA/TO e o Sindicato dos Profissionais de Defesa Agropecuária do Estado do Tocantins – SINDAGRO-TO, em assembleia geral extraordinária da categoria, realizadas em todas as delegacias regionais da Adapec, através dos representantes da AFA-TO e SINDAGRO nessas delegacias e na Sede em Palmas, durante a manhã desta quinta-feira, 02, deliberaram, por maioria absoluta, aceitar a proposta do governo oferecida através do OFICIO/SECAD/GASEC/N°1981/2015, do dia 01/07/2015.

Assim, AFA-TO E SINDAGRO, após acatado o resultado das assembleias gerais extraordinárias realizadas nas delegacias regionais e sede central, declaram o fim da greve dos profissionais da Adapec, retornando às atividades normais a partir das 14 horas de hoje, 02/07."

Leia também: Assembleia vota proposta que pode acabar com a greve

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247