CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Servidores técnicos de universidades e institutos federais cruzam os braços em greve por valorização salarial

Movimento grevista já atinge 28 instituições de ensino superior e institutos federais em todo o país; categoria denuncia falta de diálogo com o governo

Imagem Thumbnail
(Foto: RAFAEL MARCHANTE/REUTERS)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Servidores técnicos federais de 28 universidades e institutos federais do país entraram em greve nesta segunda-feira (11). O movimento, impulsionado por reivindicações por melhorias nas condições de trabalho e valorização salarial, evidencia a falta de diálogo com o governo federal em responder às demandas apresentadas pelas entidades representativas, destaca o jornal Extra.

A mobilização reflete a insatisfação desses profissionais com a demora do governo em responder às propostas apresentadas pelas entidades representativas.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

De acordo com relatos sindicais, as propostas foram protocoladas há mais de seis meses, porém, o retorno do governo foi recente e marcado pela falta de preparo e desconhecimento em relação às demandas dos servidores.

A ausência de diálogo e a falta de negociações efetivas têm sido temas recorrentes nas reivindicações dos servidores, que questionam a falta de atenção e comprometimento do governo com as questões essenciais para o funcionalismo público, incluindo a negociação coletiva, a liberação sindical e o financiamento adequado.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Na última reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP), realizada em fevereiro, nenhum avanço foi alcançado em relação ao reajuste salarial para os servidores públicos federais. Com a próxima rodada de negociação agendada apenas para junho, as entidades representativas dos servidores enfrentam um período de incerteza.

Abaixo a lista das faculdades que aderiram à greve:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFETMG)
  • Universidade Federal de Viçosa (UFVJM)
  • Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG)
  • Instituto Federal de Goiás (IFG)
  • Instituto Federal Goiano (IFGOIANO)
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM)
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA)
  • Universidade Federal do Cariri (UFCA)
  • Universidade Federal do Ceará (UFCAT)
  • Universidade Federal de Goiás (UFG)
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
  • Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
  • Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ)
  • Universidade de Brasília (UnB)
  • Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB)
  • Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB)
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO