CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Shineray inicia obras de montadora em Pernambuco

O empreendimento, Localizado em uma área de 60 mil metros quadrados no Complexo Industrial e Portuário de Suape, está orçado em R$ 130 milhões e será executado pela Pernambuco Construtora e Investimentos; a fábrica terá capacidade para produzir 120 mil motocicletas por ano e as operações deverão ser iniciadas em março do próximo ano

Shineray inicia obras de montadora em Pernambuco
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Leonardo Lucena_PE247 – As obras da montadora Shineray no Complexo Industrial Portuário de Suape, Região Metropolitana do Recife (RMR) começaram a sair do papel. O empreendimento está orçado em R$ 130 milhões e será executado pela Pernambuco Construtora e Investimentos em uma área de 60 mil metros quadrados (m²). A fábrica terá capacidade para produzir 120 mil motocicletas por ano e as operações deverão ser iniciadas em março do próximo ano.

Inicialmente, a empresa vai manter a importação de motos de 50 cilindradas de Chongqing, na China (sede da marca), que depois serão fabricadas em Suape. Atualmente, a fábrica conta com 50 trabalhadores, mas a estimativa é que este número seja ampliado para 250 operários. A Shineray também manterá um sistema regular de importações de minivans.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O início das obras veio depois de muita espera, pois era para ter começado no primeiro semestre do ano passado. Porém, a demora na liberação das licenças ambientais provocou atrasos no cronograma inicialmente previsto. Além disso, o aumento do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para importação de 15% para 35% fez com que surgissem dúvidas sobre a instalação da Shineray em Pernambuco.

“A única pendência que existe é a questão do IPI, que independe da nossa participação. Eu sou bastante otimista, uma vez que quando nos iniciamos a parte de projeto, nós iniciamos dentro de uma previsão de imposto que existia. O crescimento (do IPI para importação) foi posterior ao nosso projeto. Então, nós estamos bastante otimistas quanto à solução deste problema”, afirmou o presidente da Shineray no Brasil, Paulo Perez. De acordo com o dirigente, ao iniciar o projeto, a empresa trabalhou com um IPI sobre importação de 15% para motos de 50 cilindradas e 25% para aquelas acima de 50.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Shineray também importará minivans, que terão um preço médio de R$ 26.990, da China, com carregamentos feitos a cada dois meses e cuja meta é alcançar 3 mil unidades anuais. Perez informou, ainda, que as motos de 50 cilindradas terão uma média de preço variando entre R$ 3.290 e R$ 4.290. Já as de 150 cilindradas custarão entre R$ 4.290 e R$ 5.490.

    

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247,apoie por Pix,inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Carregando os comentários...
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO