Silvio Costa rebate Veja

Acusado de encaminhar R$ 300 mil em emendas para festas fantasmas no Interior do Estado, parlamentar garante que os recursos no foram empregados, j que as prefeituras que seriam beneficiadas no conseguiram realizar prego eletrnica

Silvio Costa rebate Veja
Silvio Costa rebate Veja (Foto: Leonardo Prado/SEFOT-SECOM)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Raphael Coutinho_PE247 – O deputado federal Silvio Costa (PTB) divulgou uma nota contestando as informações de que teria encaminhado emendas para festas fantasmas no Interior do Estado, como fora publicado na coluna do jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, no fim de semana. A denúncia indica que o parlamentar teria destionado R$ 300 mil para três festas inexistentes. Costa informou que vai esperar uma retratação na revista e no blog do jornalista e, caso não aconteça, irá acionar os trâmites legais.

No documento, o deputado informa que “em 20 anos de vida pública nunca foi levantada contra mim tamanha acusação leviana”. Ainda na nota, o petebista relata que, do total de suas emendas individuais destinadas a eventos, foram cancelados R$ 800 mil, e não apenas R$ 300 mil como na denúncia. Estes valores são referentes a convênios com as prefeituras de Cortês, São Caetano, Tamandaré, Pesqueira e Primavera.

O deputado justifica a questão informando que estas prefeituras não tiveram tempo hábil para realizar o pregão eletrônico, conforme consta na quarta cláusula do convênio do Ministério do Turismo. O item prevê a utilização do pregão na forma eletrônica como preferencial na licitação dos serviços. No entanto, ainda segundo Silvio Costa, os pedidos de cancelamentos foram feitos antes das datas previstas para a realização dos eventos, e informou que as cópias dos ofícios ficarão à disposição do jornalista em seu gabinete.

Para finalizar, o parlamentar afirma que reconhece o papel da Imprensa, mas cobra prudência na apuração. “Entendo que a Imprensa é um dos principais pilares da democracia, sobretudo a Imprensa investigativa. Entretanto, não é justo que você - Lau¬ro Jardim - se valha da sua coluna política para atacar um parlamentar, sem antes ter a delicadeza de pelo menos consultá-lo”, questionou.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email