Sinônimo de segurança

O presidente da Caixa Seguros, Thierry Claudon, conversou com "Seu Dinheiro 247" sobre a escolha da empresa comoa mais financeiramente sustentvel do Pas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Luciane Macedo _247 - Uma estrutura enxuta, celeridade nos processos e investimentos no relacionamento com o cliente são alguns dos diferenciais que conquistaram para a Caixa Seguros a liderança como empresa mais financeiramente sustentável do Brasil. É o segundo ano consecutivo que a empresa é classificada em 1º lugar na categoria pela publicação "As Melhores da Dinheiro". A Caixa Seguros também foi eleita entre as cinco empresas top em outras três classificações no anuário elaborado pela revista IstoÉ Dinheiro: governança corporativa (3º lugar), recursos humanos (5º lugar) e responsabilidade social (5º lugar).

Todos esses prêmios consolidam a Caixa Seguros como a terceira maior seguradora do Brasil, oferecendo, em mais de 5 mil postos de venda espalhados pelo país, seguros de carro, vida, residenciais e também de crédito que cabem em todos os bolsos.

Graças a essa abrangência, que se estende também pela internet, com a simulação e venda de seguros online e o relacionamento cada vez mais próximo ao cliente através das redes sociais, a Caixa Seguros é também a empresa mais rentável do setor, segundo a revista "Valor 1000", e a 2ª na categoria lucro líquido, com um resultado de R$ 889,5 milhões em 2010.

O presidente da Caixa Seguros, Thierry Claudon, fala a "Seu Dinheiro" sobre a excelência conquistada e como ela beneficia o brasileiro não só com seguros que atendem às suas necessidades, para que ele possa proteger o seu patrimônio e a sua família, mas também com muitas vantagens e prêmios.

Seu Dinheiro - A Caixa Seguros acaba de ser eleita a seguradora mais rentável do Brasil e, pelo segundo ano consecutivo, também a mais financeiramente sustentável. Qual a importância desses prêmios para a empresa e para o cliente Caixa Seguros?
Thierry Claudon - Esses prêmios vêm confirmar a opção da empresa em investir na sustentabilidade dos negócios. A Caixa Seguros escolheu ser uma empresa enxuta, com foco na inteligência e na celeridade dos processos. Ganha a empresa, com melhores resultados, e ganha o cliente, pois sabe que tem uma estrutura que funciona, bem sólida, a seu serviço.

SD - Com o aumento do poder aquisitivo da população nos últimos anos, principalmente a ascensão da classe C, ter um seguro, ou vários, ficou mais acessível ao brasileiro? Os seguros, hoje -- seja de vida, do carro ou da casa --, cabem em todos os bolsos?
TC - Cabem, sim. Há modalidades de seguros para todos os perfis de clientes. É importante que a população brasileira vá percebendo a importância de estar protegido. É bom para o cidadão, é bom para a família e, consequentemente, é bom para a economia do país. Nosso Seguro Amparo, por exemplo, oferece assistência funeral a um custo de R$ 30 por ano. Cabe, portanto, até para a classe D. Temos também uma modalidade de seguro residencial, o Fácil Residencial, que custa R$ 69,90 por ano e garante tranquilidade para a família em relação a seu bem mais precioso, que é a sua casa.

SD - Qual a principal preocupação do brasileiro e o que ele procura quando decide fazer um seguro?
TC - A preocupação com o patrimônio é natural em todos os lugares, mas o brasileiro, em geral, tem uma preocupação muito grande com seu nome, com sua credibilidade e com sua reputação. Por isso, seguros de crédito, ou seja, aqueles que garantem às pessoas não deixar dívidas para a família, têm um potencial grande de crescimento.

SD - Qual o produto mais procurado da Caixa Seguros e a que fatores você atribui esse sucesso?
TC - Nossos seguros de vida são, sem dúvida, os produtos que têm maior destaque em nossa carteira. Isso se deve, principalmente, ao fato de oferecermos um portfolio completo e adequado para todas as classes sociais e perfis de clientes. Além disso, o crescimento econômico do país e a maior conscientização dos brasileiros sobre a importância de adquirir um seguro como forma de proteger a família no presente e garantir tranquilidade no futuro contribuem para o sucesso da carteira. Sem falar que temos uma presença forte em todo o Brasil: nossos produtos são comercializados em mais de 5 mil pontos de venda, seja nos balcões da Caixa, casas lotéricas e até mesmo pela internet.

SD - Quais as principais medidas que as pessoas podem adotar de imediato para proteger seu patrimônio?
TC - Ter seus bens segurados é fundamental, principalmente para quem não dispõe de dinheiro para repor esse bem. Quem pode comprar um carro a qualquer momento talvez não precise urgentemente de um seguro auto. Mas a grande maioria da população não tem como repor seus bens em caso de um imprevisto.

SD - Como a Caixa Seguros tem investido no relacionamento com clientes e público pela internet?
TC - Estamos trabalhando com a internet há alguns anos como canal prioritário no relacionamento com o cliente. Prova disso é que nossa verba de mídia é hoje quase 100% voltada para ambientes eletrônicos. Sabemos que os produtos de seguros, previdência, capitalização e consórcios possuem alto grau de customização e têm, na internet, um ambiente confortável para relacionamento entre empresa e clientes.

Outra funcionalidade neste meio é a nossa loja virtual Compre Online, que permite a aquisição de produtos de forma rápida e segura pelo internet banking ou por meio do webchat. Nestes casos, o internauta pode simular o valor do produto de acordo com seu perfil e tirar as dúvidas na hora, antes mesmo de adquiri-lo, com a ajuda de um consultor especializado.

Há cerca de um ano, também investimos fortemente em nossa presença nas redes sociais. Temos perfis ativos nos principais canais, como o Facebook, o Twitter e o YouTube. A interação do público com o Grupo Caixa tem sido gradativa, mas de forma bastante positiva. Entre os meses de junho e agosto, registramos mais de 1.700 novos seguidores apenas em nossos perfis no Twitter, finalizando o oitavo mês do ano com 5.935 seguidores. Além dos perfis nas redes sociais, temos um blog, com atualizações diárias de notícias sobre o Grupo Caixa, o mercado e dicas de qualidade de vida.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247