Skaf quer ficar mais três anos na Fiesp

Derrotado na disputa pelo governo de São Paulo esse ano, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, propõe alterar o estatuto para estender seu mandato à frente da entidade; caso será discutido em assembleia extraordinária na segunda-feira

Derrotado na disputa pelo governo de São Paulo esse ano, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, propõe alterar o estatuto para estender seu mandato à frente da entidade; caso será discutido em assembleia extraordinária na segunda-feira
Derrotado na disputa pelo governo de São Paulo esse ano, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, propõe alterar o estatuto para estender seu mandato à frente da entidade; caso será discutido em assembleia extraordinária na segunda-feira (Foto: Gisele Federicce)

SP 247 – O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, propõe alterar o estatuto da entidade para que posso estender seu mandato como dirigente.

Skaf havia se licenciado do cargo para concorrer ao governo de São Paulo esse ano, disputa da qual ficou em segundo lugar, com 4,5 milhões de votos, derrotado em primeiro turno pelo atual governador Geraldo Alckmin (PSDB).

O caso será discutido em assembleia extraordinária na próxima segunda-feira pelo Conselho de Representantes da Fiesp. A tendência é que ele consiga ficar mais três anos como presidente. Seu plano é se candidatar novamente a governador.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247