Sob o sol do Sertão, Lula emociona mais de 30 mil piauienses

Ex-presidente Lula emocionou mais de 30 mil pessoas que foram vê-lo, sob o sol das 14h, no sertão piauiense. Lula, que neste sábado esteve no Parque Eólico de Marcolândia e depois no município de Picos, emocionou a multidão ao afirmar ao afirmar que "é possível concertar esse país, provamos que é possível, sim. O estado do Piauí era considerado o mais pobre do Brasil, e provou que não era pobre coisa nenhuma"; "Eu não sei governar, eu sei cuidar do povo pobre desse país, de mulheres e crianças. Então eles estão preocupados? Deixa o povo decidir, gente", destacou

02 09 2017 N O ex presidente Luiz Inacio Lula da Silva e recebido em Marcolandia Piaui PI Brasil no Parque de geração de energia eólica de Marcolândia, no Piauí. Foto: Ricardo Stuckert
02 09 2017 N O ex presidente Luiz Inacio Lula da Silva e recebido em Marcolandia Piaui PI Brasil no Parque de geração de energia eólica de Marcolândia, no Piauí. Foto: Ricardo Stuckert (Foto: Paulo Emílio)

Piauí 247 - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva emocionou mais de 25 mil que foram vê-lo, sob o sol das 14h, no sertão piauiense. Lula, que neste sábado esteve no Parque Eólico de Marcolândia e depois no município de Picos, ao afirmar que "é possível concertar esse país, provamos que é possível, sim. O estado do Piauí era considerado o mais pobre do Brasil, e provou que não era pobre coisa nenhuma. Os governadores eleitos antes do Wellington [Wellington Dias (PT)]não se preocupavam com o povo desse lugar, não se preocupavam com o pobre, não cuidavam do pequeno agricultor, não cuidavam das pessoas da periferia", disse.

"Eu não sei governar, eu sei cuidar do povo pobre desse país, de mulheres e crianças. Então eles estão preocupados? Deixa o povo decidir, gente. Eu já perdi três eleições na minha vida, nunca reclamei. Eu fazia igual 'cachorro magro', ia para casa lamber minhas feridas. Perdia e ia lamber, perdia e ia lamber as feridas até que um dia vocês foram generosos me elegeram presidente da república. Nós provamos que é possível concertar esse país", afirmou Lula à multidão.

"O povo nordestino não nasceu apenas para trabalhar de pedreiro ou servente, pelo contrário. O povo nordestino também quer ser engenheiro, o povo nordestino também quer ser médico, advogado. Eu queria provar que na hora em que a gente colocasse o filho de um trabalhador comum no mesmo banco da escola do rico, e o se o pobre estivesse comendo a calorias suficientes, que queria saber se o dinheiro seria capaz de fazer uma criança rica mais inteligente que uma criança pobre. Eu queria garantir igualdade de oportunidade. Eu não quero tirar nada de ninguém, quero apenas que todas as pessoas tenham as mesmas oportunidades e que vença o melhor. Na vida sempre vence o que se dedicou mais", ressaltou.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247