Sonho de Bellucci durou dois sets

Brasileiro comeou bem, mas acabou perdendo para o srvio por 2 sets a 1 na semifinal do Masters de Madri

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A semana foi quase perfeita para o brasileiro Thomaz Bellucci. O tenista levantou a poeira do saibro, deu a volta por cima e estava fazendo ótima campanha, arrebentando com os melhores do tênis mundial. Em dois dias, ele derrubou dois tenistas do top 10 (Andy Murray e Tomas Berdych) e alcançou as semifinais de um Masters 1000 pela primeira vez. Mas neste sábado, o seu sonho de chegar a uma final do torneio e jogar com o melhor do mundo foi estilhaçado pelo sérvio Novak Djokovic, em partida que terminou em 2 sets a 1 para o segundo cabeça do ranking, com parciais de 4/6, 6/4 e 6/1.

Mesmo derrotado, Bellucci foi longe, chegou a ser chamado de "matador de gigantes" pelo site da ATP. Neste sábado, o número 1 do Brasil e atual 36º do mundo deu trabalho para Djokovic. No primeiro set, Belllucci levou a melhor, e em 40 minutos venceu o sérvio sem grandes dificuldades. Já no segundo, o brasileiro passou por apuros e teve de salvar dois triplos set points para igualar a segunda parcial. O brasileiro teve bom desempenho e chegou a quebrar o serviço de Djokovic, mas logo o sérvio virou e venceu o set. No terceiro set, Bellucci perdeu o pique, sentiu dores na virilha e recebeu atendimento médico, fato que o desconcentrou e rendeu a partida à Djokovic.

Bellucci e Djokovic haviam se enfrentado apenas uma vez, no Masters de Roma, no ano passado, onde o segundo venceu por 2 a 0, com parciais de 6/4.

Neste domingo (8), o sérvio vai encarar novamente o número 1, Rafael Nadal, às 13h30m (horário de Brasília).

Invicto há 33 jogos, Djokovic acumula 31 vitórias na temporada. Já venceu Rafael Nadal, duas vezes este ano. Em 3 de março, no Master 1000 de Miami, ganhou o jogo por 2 a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 7/6.(7/4). Depois bateu Nadal novamente, na final do Masters 1000 de Indian Wells, por 2 sets a 1, parciais 4/6, 6/3 e 6/2.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email