Soninha afirma que Doria se perdeu na autoconfiança

A vereadora Soninha Francine (PPS) afirma que hoje tem um pé atrás em relação ao prefeito João Doria (PSDB); em abril, ela foi demitida pelo tucano da Secretaria de Assistência Social; demissão foi mostrada em vídeo constrangedor divulgado pelo próprio prefeito; "Eu acho que ele se perdeu na autoconfiança. Tem uma medida de autoconfiança que é essencial, mas se você passa do ponto, aí você não escuta mais ninguém, você só escuta aquilo que confirma o que você já pensava"

SÃO PAULO, SP - 17.08.2012: ELEIÇÕES 2012/DEBATE/SP - Soninha Francine, candidato do PPS à Prefeitura de São Paulo, durante debate sobre Saúde na Associação Paulista de Medicina, na região da Bela Vista, centro da cidade, nesta sexta feira. (Foto: Alexand
SÃO PAULO, SP - 17.08.2012: ELEIÇÕES 2012/DEBATE/SP - Soninha Francine, candidato do PPS à Prefeitura de São Paulo, durante debate sobre Saúde na Associação Paulista de Medicina, na região da Bela Vista, centro da cidade, nesta sexta feira. (Foto: Alexand (Foto: José Barbacena)

SP 247 - A vereadora Soninha Francine (PPS) afirma que hoje tem um pé atrás em relação ao prefeito João Doria (PSDB). Em abril, ela foi demitida pelo tucano da Secretaria de Assistência Social. A demissão foi mostrada em vídeo constrangedor divulgado pelo próprio prefeito. Soninha disse ao blog Inconsciente Coletivo, do Estadão, que Doria foi tomado pela autoconfiança.

"Eu acho que ele se perdeu na autoconfiança. Tem uma medida de autoconfiança que é essencial, mas se você passa do ponto, aí você não escuta mais ninguém, você só escuta aquilo que confirma o que você já pensava. Eu vejo que ele conhece a cidade sim, mas não conhece as pessoas tanto assim. Acho que ele não percebe todas as nuances, até porque foi eleito em primeiro turno".

Soninha também critica a ação ostensiva de Doria e da Polícia Militar na Cracolândia, numa verdadeira operação de guerra. "Só depois da ação policial ter terminado, e de ter comemorado o fim da Cracolândia, é que a Prefeitura começou a tomar as providências com os usuários. E muito destrambelhadamente, aquela coisa de no dia seguinte ir lá e querer derrubar imóvel pra mostrar a reconquista do espaço, aquilo foi muito desastrado. Eu jamais teria concordado com aquilo. Eu ia ter espanado ali".

"A visão do prefeito, a leitura que o prefeito fez de como eu trabalhava, e de como eu deveria trabalhar. Então a frustração embaça a imagem dele pra mim, não é a mesma. Antes eu gostava muito do prefeito, eu gostava dele, passei a gostar dele de verdade, hoje o sentimento foi esfriado, sei lá, eu tinha uma admiração por ele, eu tive uma admiração por ele e hoje em dia eu tenho o pé atrás".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247