SSP diz que 600 policiais já voltaram ao trabalho

Em nota à imprensa no início da noite desta quinta-feira, 26, a Secretaria da Segurança Pública do Estado informou que cerca de 600 policiais civis informaram por escrito o retorno ao trabalho; "Após declarada a ilegalidade da greve da Polícia Civil, foi dada a oportunidade aos policiais que comunicassem, por escrito, seu retorno ao trabalho, até as 18 horas desta quinta-feira, 26", diz a secretaria; os números podem aumentar nesta sexta-feira, 27, quando será apresentado novo balanço; Sinpol nega enfraquecimento da greve 

Em nota à imprensa no início da noite desta quinta-feira, 26, a Secretaria da Segurança Pública do Estado informou que cerca de 600 policiais civis informaram por escrito o retorno ao trabalho; "Após declarada a ilegalidade da greve da Polícia Civil, foi dada a oportunidade aos policiais que comunicassem, por escrito, seu retorno ao trabalho, até as 18 horas desta quinta-feira, 26", diz a secretaria; os números podem aumentar nesta sexta-feira, 27, quando será apresentado novo balanço; Sinpol nega enfraquecimento da greve 
Em nota à imprensa no início da noite desta quinta-feira, 26, a Secretaria da Segurança Pública do Estado informou que cerca de 600 policiais civis informaram por escrito o retorno ao trabalho; "Após declarada a ilegalidade da greve da Polícia Civil, foi dada a oportunidade aos policiais que comunicassem, por escrito, seu retorno ao trabalho, até as 18 horas desta quinta-feira, 26", diz a secretaria; os números podem aumentar nesta sexta-feira, 27, quando será apresentado novo balanço; Sinpol nega enfraquecimento da greve  (Foto: Aquiles Lins)

Tocantins 247 - Em nota à imprensa no início da noite desta quinta-feira, 26, a Secretaria da Segurança Pública do Estado informou que cerca de 600 policiais civis informaram por escrito o retorno ao trabalho. 

"Após declarada a ilegalidade da greve da Polícia Civil, foi dada a oportunidade aos policiais que se encontravam em situação de insurgência que comunicassem, por escrito, seu retorno ao trabalho, até as 18 horas desta quinta-feira, 26", diz a secretaria. 

A SSP disse também que espera que os dados ainda estão em fase de consolidação e devem, devendo ser concluído nesta sexta-feira, data em que o Governo do Estado espera que os serviços que estavam paralisados sejam retomados.

Apesar do retorno dos profissionais ao trabalho, o Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) contesta que a greve, que completou um mês, esteja terminando. Segundo o sindicato, desde o início da greve foram registrados 548 procedimentos, dos quais três inquéritos policiais. Nos 30 dias anteriores a greve, o número de procedimentos foi de 4.510, dos quais 35 foram inquéritos policiais.

“Os números são cristalinos e claros e mostram a importância que a Polícia Civil tem para a sociedade”, frisou o presidente do Sinpol, Moisemar Marinho, ao avaliar os números nesta quinta-feira.

Leia também: 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247