STF beneficia Serra e, de tabela, beneficia Paulo Preto

Não bastasse o benefício em si que o senador José Serra (PSDB) recebe das cortes superiores, a decisão do (STF) Supremo Tribunal Federal de que estão prescritos os crimes atribuídos a ele pode beneficiar também o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto; Serra foi favorecido por uma regra do Código Penal que diz que os crimes prescrevem na metade do tempo, se o réu tiver 70 anos ou mais no momento da publicação da sentença; hoje, Serra tem 76 anos

STF beneficia Serra e, de tabela, beneficia Paulo Preto
STF beneficia Serra e, de tabela, beneficia Paulo Preto

247 - Não bastasse o benefício em si que o senador José Serra (PSDB) recebe das cortes superiores, a decisão do (STF) Supremo Tribunal Federal de que estão prescritos os crimes atribuídos a ele pode beneficiar também o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto. Serra foi favorecido por uma regra do Código Penal que diz que os crimes prescrevem na metade do tempo, se o réu tiver 70 anos ou mais no momento da publicação da sentença. Hoje, Serra tem 76 anos. 

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo ainda aponta que "Paulo Preto fará 70 em 7 de março de 2019" e que "o crime prescrito é aquele que se torna nulo por ter passado o tempo legal que o Estado tinha para abrir um processo contra um suspeito ou investigado."

Segundo o jornal, "a decisão do Supremo sobre Serra, tomada pela segunda turma da corte nesta terça (28), exclui dos processos contra o senador as acusações apresentadas por delatores da Odebrecht." 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247