Submédio do São Francisco terá R$ 24,6 mi em irrigação

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) anunciou um investimento de R$ 24,6 milhões em infraestrutura nos perímetros irrigados de Salitre, em Juazeiro (BA), e em Pontal Norte, na cidade de Petrolina (PE), municípios situados na região do Submédio São Francisco; os recursos provêm do PAC, do governo federal, e serão investidos na aquisição de novos equipamentos

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) anunciou um investimento de R$ 24,6 milhões em infraestrutura nos perímetros irrigados de Salitre, em Juazeiro (BA), e em Pontal Norte, na cidade de Petrolina (PE), municípios situados na região do Submédio São Francisco; os recursos provêm do PAC, do governo federal, e serão investidos na aquisição de novos equipamentos
A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) anunciou um investimento de R$ 24,6 milhões em infraestrutura nos perímetros irrigados de Salitre, em Juazeiro (BA), e em Pontal Norte, na cidade de Petrolina (PE), municípios situados na região do Submédio São Francisco; os recursos provêm do PAC, do governo federal, e serão investidos na aquisição de novos equipamentos (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Pernambuco 247 - A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) anunciou um investimento de R$ 24,6 milhões em infraestrutura nos perímetros irrigados de Salitre, em Juazeiro (BA), e em Pontal Norte, na cidade de Petrolina (PE), municípios situados na região do Submédio São Francisco. Os recursos provêm do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal, e serão investidos na aquisição de novos equipamentos.

Para perímetro de Salitre, a empresa contratada pela Codevasf está responsável, por meio de seleção pública, pelo fornecimento, transporte, carga e descarga de cinco conjuntos de motobombas a serem instalados nas Estações de Bombeamento (EBs) 100, 200, 300, 400 e 500 da segunda etapa do projeto – com um investimento de aproximadamente R$ 24 milhões.

Segundo o chefe da Unidade Técnica Hidroeletromecânica da área de Gestão dos Empreendimentos de Irrigação da Codevasf, Marcelo Ribeiro dos Santos, "o objetivo da compra desse conjunto de motobombas é viabilizar a capacidade hídrica do perímetro para implantação da segunda etapa do projeto Salitre".

"Os equipamentos vão aumentar a capacidade de bombeamento, assegurando o abastecimento e a capacidade operacional de água das etapas 1 e 2", relatou. O dirigente informou, também, que a ideia é reforçar a capacidade hídrica existente na primeira etapa, que já está em funcionamento".

No Pontal Norte, outra empresa será responsável pelo fornecimento, capacitação, carga, transporte e descarga de 33 medidores eletromagnéticos de vazão, com um investimento estimado em R$ 535 mil. Neste caso, o projeto é compreendido a partir da entrega dos equipamentos e do fornecimento propriamente dito, bem como de testes na fábrica, manuais de montagem, operação e manutenção, carga, transporte e descarga dos medidores para o projeto, conforme estabelecido no edital da seleção pública.

Os medidores eletromagnéticos de vazão fazem parte de uma série de equipamentos hidromecânicos – como bombas, comportas, tubulações e válvulas – adquiridos pela Codevasf para otimizar a implantação do Pontal Norte. Os equipamentos, comprados em paralelo à execução de obras civis de infraestrutura, serão instalados após a conclusão das obras desta etapa do perímetro irrigado.

Concepção

O projeto Pontal, que compreende as áreas Norte e Sul, está localizado na área rural de Petrolina, na margem esquerda do rio São Francisco. O acesso ao perímetro ocorre pela BR 122/428, que liga Petrolina a Recife, ou pela BR 407, que liga Petrolina a Picos. A distância entre a sede do município e os acessos do projeto é de aproximadamente 30 quilômetros. O aeroporto internacional de Petrolina – uma das principais vias para o escoamento da produção agrícola da região para países da Europa e América do Norte – fica a 75 quilômetros do perímetro.

O Pontal Sul conta com infraestrutura de irrigação de uso comum já instalada, enquanto o Pontal Norte está em fase de implantação. Em 2013, a Codevasf realizou uma seleção para contratação de uma empresa para gerir 10,7 mil hectares do projeto Pontal por meio da Concessão de Direito Real de Uso (CDRU). Destes, 7,8 mil hectares são irrigáveis. Do total da área irrigada, pelo menos 25% serão destinados à integração de pequenos produtores rurais. Segundo a empresa agrícola, essa área pode chegar a 100%.

Já o projeto Salitre está localizado à margem direita do rio São Francisco, no Estado da Bahia. O acesso à área do projeto ocorre pela BA-210, que liga Juazeiro à cidade de Sobradinho, numa distância aproximada de 20 quilômetros. O projeto do perímetro irrigado Salitre consiste na implantação de infraestrutura hidráulica para irrigar 31.305 hectares, que são divididos em 944 lotes para pequenos produtores e 485 lotes para empresas, com construção prevista em cinco etapas.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247