Suplicy: ‘é legítimo Marta querer Prefeitura em 2016’

Questionado se a decisão não causaria um mal-estar no PT, uma vez que o atual prefeito, Fernando Haddad, é do partido, senador por São Paulo diz que este é um caminho natural e que as prévias são legítimas; "A ocorrência de uma eventual prévia em 2016 poderá fortalecer o nome do atual prefeito", opinou Eduardo Suplicy

Questionado se a decisão não causaria um mal-estar no PT, uma vez que o atual prefeito, Fernando Haddad, é do partido, senador por São Paulo diz que este é um caminho natural e que as prévias são legítimas; "A ocorrência de uma eventual prévia em 2016 poderá fortalecer o nome do atual prefeito", opinou Eduardo Suplicy
Questionado se a decisão não causaria um mal-estar no PT, uma vez que o atual prefeito, Fernando Haddad, é do partido, senador por São Paulo diz que este é um caminho natural e que as prévias são legítimas; "A ocorrência de uma eventual prévia em 2016 poderá fortalecer o nome do atual prefeito", opinou Eduardo Suplicy (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News

SP 247 – O senador por São Paulo e ex-marido de Marta Suplicy, Eduardo Suplicy (PT-SP), considera ser "legítimo" a senadora querer disputar a Prefeitura da capital paulista em 2016.

Marta entregou ontem carta de demissão do ministério da Cultura e, segundo informações de bastidor, divulgadas pelo Broadcast, serviço do Estadão, seu retorno ao Senado tem o intuito de preparar o caminho para a disputa municipal.

Questionado se a decisão não causaria um mal-estar no PT, uma vez que o atual prefeito da cidade, Fernando Haddad, é do mesmo partido, Suplicy afirmou que este é um caminho natural e que as prévias são legítimas.

Para ele, o processo de votação interna na legenda para decidir o nome que será cabeça de chapa daqui dois anos "poderá fortalecer o nome do atual prefeito". Ele ressalta que Haddad deverá terminar seu mandato bem avaliado e possivelmente "pronto para disputar a reeleição".

PUBLICIDADE

Por isso, segundo ele, não haveria motivo para evitar prévias com quem mais quiser disputar o cargo.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email