Suposto estupro no BBB leva polícia ao Projac

Policiais da 32 Distrito Policial do Rio de Janeiro conversaram com advogados da Globo; internautas acham que Monique foi abusada pelo brother Daniel; Sexo, no, s se ele for muito mau-carter em fazer e eu, dormindo, disse a modelo no confessionrio; depois da prola "O amor lindo", o que Bial dir esta noite?

Suposto estupro no BBB leva polícia ao Projac
Suposto estupro no BBB leva polícia ao Projac (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Diego Iraheta _247 – O Big Brother Brasil 12 virou caso de polícia. Agentes da 32º Distrito Policial do Rio foram ao Projac no fim da tarde desta segunda-feira, 16, para tratar do suposto estupro de Monique com o departamento jurídico da Globo. Apesar de negar que tenha ocorrido sexo, a modelo não descarta que o ato possa ter ocorrido enquanto dormia – já que “capotou”. “Sexo, não, só se ele [Daniel] for muito mau-caráter em fazer e eu, dormindo”, disse. O áudio no confessionário caiu no YouTube, mas já foi retirado a pedido da TV Globo.

Quando a notícia sobre a polícia no Projac começou a circular nas redes, assinantes do pay-per-view reclamaram que o sinal fora cortado. Nenhuma cena da casa inteira estava sendo transmitida. O 247 entrou em contato com o 32º DP, mas não encontrou o responsável pela apuração do caso. Mais cedo, a delegada-substituta da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, Waleska dos Santos, disse ao 247 que a TV Globo deveria mostrar a gravação para Monique dar um parecer – se ela estava acordada naquelas cenas ou se estava dormindo.

O Código Penal prevê pena de seis a 10 anos para estupro. No entanto, a pena é elevada de oito a 15 anos quando a vítima não tem discernimento para oferecer resistência ao ato. Isso acontece quando a pessoa tem uma deficiência mental ou está alcoolizada. A ação penal privada só pode ser aberta quando a mulher que sofreu estupro registra ocorrência.

Depois da pérola "O amor é lindo", transmitida no domingo, 15, o que Pedro Bial vai dizer nesta noite, depois que o BBB virou caso de polícia?

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email