Suspeito de chefiar esquema de rachadinhas, Flávio Bolsonaro depõe a grupo de combate à corrupção

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), suspeito de comandar esquemas de ‘rachadinha’, prestou depoimento nesta terça-feira, 7, por videoconferência. Flávio depôs ao Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (Gaecc) do Ministério Público do Rio de Janeiro

Senador Flávio Bolsonaro 16/07/2019
Senador Flávio Bolsonaro 16/07/2019 (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Flávio Bolsonaro prestou depoimento sobre as rachadinhas ao grupo de combate à corrupção do Ministério Público do Rio. O senador não ficou calado: segundo relatos, ele respondeu às perguntas dos promotores. 

A reportagem do portal G1 destaca que “o senador e sua mulher, Fernanda Nantes, foram intimados pelo MP a prestar depoimento sobre as suspeitas de participarem do esquema em que funcionários de seu gabinete na Assembleia Legislativa (Alerj) devolveriam parte do salário para Flávio, então deputado estadual. O casal nega qualquer irregularidade.”

A matéria ainda acrescenta que “foi a primeira vez que Flávio Bolsonaro foi interrogado sobre o caso. Em janeiro de 2019, o senador já havia prestado esclarecimentos por escrito, mas não entrou no mérito das suspeitas. Apenas reclamou juridicamente da investigação e negou ter recebido "recursos financeiros e qualquer título e de qualquer servidor de seu gabinete".

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247