Tasso pode integrar comissão do impeachment no Senado

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) é um dos nomes cotados para integrar o bloco de oposição ao Governo na comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no Senado, em uma vaga de suplente. No bloco de apoio, o nome do também cearense José Pimentel (PT) chegou a ser citado, mas o que se diz em Brasília é que o Planalto deseja um petista mais brigão

O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) é um dos nomes cotados para integrar o bloco de oposição ao Governo na comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no Senado, em uma vaga de suplente. No bloco de apoio, o nome do também cearense José Pimentel (PT) chegou a ser citado, mas o que se diz em Brasília é que o Planalto deseja um petista mais brigão
O senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) é um dos nomes cotados para integrar o bloco de oposição ao Governo na comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no Senado, em uma vaga de suplente. No bloco de apoio, o nome do também cearense José Pimentel (PT) chegou a ser citado, mas o que se diz em Brasília é que o Planalto deseja um petista mais brigão (Foto: Rodrigo Rocha)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará247 - O senador cearense Tasso Jereissati (PSDB) deverá integrar a comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no Senado. O tucano está cotado para ocupar uma das vagas de suplente no bloco de oposição, formado ainda pelo DEM e o PV. Nos bastidores, dizem que o PSDB já definiu seus nomes: Antonio Anastasia (MG), Cássio Cunha Lima (PB) e Aloísio Nunes (SP). 

Já o bloco de apoio ao Palácio do Planalto, formado pelo PT e o PDT, poderá contar com o nome do líder do Governo no Congresso, José Pimentel (CE), mas em Brasília dizem que os defensores de Dilma querem um petista mais brigão. 

As indicações para a Comissão Especial do Impeachment, formada por 21 senadores, deverão ser entregues pelos blocos até esta sexta-feira (22). O colegiado será instalado na segunda-feira, 25.

(Com informações do Blog do Eliomar)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247