Taxa de desemprego volta a recuar no Recife

No comparativo entre os meses de fevereiro e maro deste ano, o percentual de desocupados decresceu de 13,9% para 12,3%. No entanto, o desemprego geral no Pas subiu de 5,7% para 6,2%

Taxa de desemprego volta a recuar no Recife
Taxa de desemprego volta a recuar no Recife (Foto: Montagem PE247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Raphael Coutinho _PE247 – Não importa de onde venham os números. O que se constata é que o desemprego no País subiu no último mês de março. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o percentual de desocupados chegou a 6,2% em março, depois de ficar em 5,7% em fevereiro. Já o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), pelo terceiro mês seguido, constatou leve um aumento, de 10,1%, em fevereiro, para 10,8% em março. Porém, no Recife, esse quadro é diferente. A capital pernambucana voltou a registra um recuo no percentual de desempregados. A taxa de desocupados caiu de 13,9% para 12,3% no comparativo entre fevereiro e março deste ano.

Além da capital pernambucana, o desemprego caiu no Distrito Federal (de 13,4% para 13,3%); Belo Horizonte (de 8,5% para 5,4%); e São Paulo (de 11,3% para 11,1%). Já nas demais capitais houve aumentos, liderados por Salvador (de 15,7% para 17,3%). Em Porto Alegre, a taxa passou de 7,4% para 7,6% e em Fortaleza, de 9,3% para 9,6%.

De acordo com dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), do IBGE, a população desocupada aumentou 8,8% em relação a fevereiro e totalizou 1,5 milhão de pessoas. Esse número representa um acréscimo de 122 mil pessoas procurando trabalho no período. Já a população ocupada, que somou 22,6 milhões, apresentou estabilidade na passagem de um mês para o outro, mas aumentou 1,6% no confronto com março de 2011, o que representa 367 mil ocupados a mais do que um ano antes.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email