TCE questiona participação da Delta em licitação

Técnica Construções, criada pela empresa de Fernando Cavendish como parte do plano de recuperação judicial, integra um consórcio classificado provisoriamente em primeiro lugar num contrato de R$ 2 bilhões com a Secretaria de Saneamento. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) informou que a procuradoria prepara um parecer sobre o caso

TCE questiona participação da Delta em licitação
TCE questiona participação da Delta em licitação

247 - O TCE (Tribunal de Contas do Estado) deu prazo de 48 horas para que o governo de São Paulo se explique sobre a participação de uma empresa ligada à Delta Construções em uma licitação de R$ 2 bilhões.

A criação da Técnica Construções faz parte do plano de recuperação judicial da Delta, autorizado pela Justiça do Rio, para que seja paga a dívida de seus credores.

Ela integra um consórcio que foi classificado provisoriamente em primeiro lugar na licitação feita por um departamento da Secretaria de Saneamento.

A Controladoria-Geral da União declarou a Delta inidônea e a julga, portanto, impedida de firmar contratos com o poder público.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) informou que a procuradoria prepara um parecer sobre o caso.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247