Tecnologia contra as torcidas organizadas

Sistema biomtrico ser utilizado em So Paulo para identificar os baderneiros das arquibancadas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fernando Porfírio_247 – A nova arma contra a violência nos estádios é um sistema biométrico, semelhante ao usado pela Justiça Eleitoral. As torcidas organizadas de times paulistas serão cadastradas a partir de sexta-feira (21). São Paulo será o segundo estado a identificar os integrantes dessas organizações.

A iniciativa, que faz parte do programa Torcida Legal, começou pelo Paraná no fim de junho. Até 2012, o governo quer cadastrar 475 torcidas organizadas do país. A solenidade de instalação será realizada na sede do Ministério Público paulista, com a presença do ministro dos Esportes, Orlando Silva.

O assessor especial de Futebol do Ministério do Esporte, Alcino Rocha, diz que a medida pode ajudar a reduzir a violência dentro e no entorno dos estádios.

“É claro que só o cadastramento não vai resolver, mas é um procedimento necessário para que possamos identificar o torcedor que eventualmente se envolva em atos de violência no estádio ou nos acessos”, disse Rocha.

Além de entregar informações pessoais, os torcedores passarão por um cadastro biométrico. O próximo passo deverá ser a instalação de sistemas de identificação e frequência dos torcedores nos principais estádios do país.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email