Tecnologia e sustentabilidade são destaque da Semana Mesa SP

“Nosso foco é promover a competitividade dos estabelecimentos de alimentação fora do lar. Por isso, vamos orientar os empresários a olharem seus negócios da porta para dentro, para que enxerguem os desperdícios e passem a adotar práticas sustentáveis que podem fortalecer seus negócios”, afirma a coordenadora de alimentação fora do lar do Sebrae, Germana Magalhães

“Nosso foco é promover a competitividade dos estabelecimentos de alimentação fora do lar. Por isso, vamos orientar os empresários a olharem seus negócios da porta para dentro, para que enxerguem os desperdícios e passem a adotar práticas sustentáveis que podem fortalecer seus negócios”, afirma a coordenadora de alimentação fora do lar do Sebrae, Germana Magalhães
“Nosso foco é promover a competitividade dos estabelecimentos de alimentação fora do lar. Por isso, vamos orientar os empresários a olharem seus negócios da porta para dentro, para que enxerguem os desperdícios e passem a adotar práticas sustentáveis que podem fortalecer seus negócios”, afirma a coordenadora de alimentação fora do lar do Sebrae, Germana Magalhães (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Sebrae – Oficinas sobre sustentabilidade, diagnóstico para melhorar a utilização de água e energia dentro de bares e restaurantes, uso de tecnologias para ampliar a produtividade desses estabelecimentos e a valorização de produtos com Indicação Geográfica por chefs de cozinha renomados. Essas são as principais ações do Sebrae na Semana Mesa São Paulo, que acontece de 27 a 29 de outubro na Escola Técnica Estadual (Etec) Santa Ifigênia e reúne um grande número de cozinheiros renomados do país e do mundo.


“Nosso foco é promover a competitividade dos estabelecimentos de alimentação fora do lar. Por isso, vamos orientar os empresários a olharem seus negócios da porta para dentro, para que enxerguem os desperdícios e passem a adotar práticas sustentáveis que podem fortalecer seus negócios”, afirma a coordenadora de alimentação fora do lar do Sebrae, Germana Magalhães.


No estande da instituição serão realizadas cinco palestras por dia com a consultora Catarina Macedo, que participou da criação da Metodologia Sebrae de Redução de Desperdício. Ela também estará disponível para tirar dúvidas e ajudar os empresários a encontrar soluções para melhorar a gestão da sustentabilidade nos estabelecimentos. No mesmo espaço também será possível assistir a vídeos com cases de empresas que adotaram medidas sustentáveis e obtiveram resultados significativos.


A divulgação é outro tema importante: “Os pequenos negócios da alimentação fora do lar podem investir no uso de tecnologia para se tornarem mais eficientes”, diz Germana. De acordo com ela, os visitantes também receberão informações sobre como criar e fazer a gestão de um blog e de mídias sociais para se comunicar com clientes e fornecedores e sobre plataformas que podem auxiliar o empreendedor nessa tarefa, como Yelp, Trip Advisor e iFood, que atingem públicos específicos. Conheça mais sobre o tema aqui.


Na programação do Mesa Ao Vivo, em que os cozinheiros apresentam receitas para o público, serão destacados produtos com selo de Indicação Geográfica (IG), dentre eles as uvas e mangas do submédio São Francisco (PE), o queijo da Canastra (MG) e o vinho do Vale Dos Vinhedos. “Esses selos garantem competitividade para os pequenos produtores, na medida em que agregam valor aos produtos pelos diferenciais e qualidade”, afirma Germana Magalhães.


O Sebrae apoia os pequenos produtores no processo de obtenção do registro de Indicações Geográficas, outorgados pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). Essas ações vão desde a formalização das entidades coletivas representativas até a realização de levantamento histórico e demarcação de área, que comprovam a notoriedade do território vinculado ao produto. Programas como o Sebraetec podem viabilizar o acesso dos produtores das IGs aos serviços tecnológicos para aprimorar processos produtivos e avaliar a conformidade aos requisitos de qualidade.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247