Telefones da prefeitura de Goiânia são cortados por falta de pagamento

Os telefones da prefeitura de Goiânia estão cortados por falta de pagamento; Secretaria de Finanças afirma que a dívida com a operadora de telefonia não foi paga pela gestão de Paulo Garcia (PT); secretaria não informa o valor da dívida, mas diz que o pagamento está sendo providenciado; prefeito Iris Rezende (PMDB) afirma que herdou dívida milionária na gestão municipal e que o déficit mensal atinge quase R$ 80 milhões

Telefones da prefeitura de Goiânia são cortados por falta de pagamento
Telefones da prefeitura de Goiânia são cortados por falta de pagamento
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - Os telefones da prefeitura de Goiânia estão cortados por falta de pagamento. A Secretaria de Finanças afirma que a dívida com a operadora de telefonia não foi paga pela gestão de Paulo Garcia (PT).

A secretaria não informa o valor da dívida, mas diz que o pagamento está sendo providenciado. O prefeito Iris Rezende (PMDB) afirma que herdou dívida milionária na gestão municipal e que o déficit mensal atinge quase R$ 80 milhões.

Iris vem enfrentando outras dificuldades, como a falta de servidores nos Cmeis e a dificuldade em colocar a coleta de lixo em pleno funcionamento.

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email