Temer tentou pressionar Funaro via Geddel

Ex-ministro Geddel Vieira Lima, entre os mais próximos de Michel Temer quando estava no governo, teria telefonado algumas vezes para a mulher de Lúcio Funaro para saber se o operador de Eduardo Cunha faria delação premiada; a denúncia foi feita por Funaro em seu depoimento à PF na semana passada; denúncia que deverá ser apresentada pelo MPF contra Temer nos próximos dias deve incluir o conteúdo do depoimento de Funaro

Ex-ministro Geddel Vieira Lima, entre os mais próximos de Michel Temer quando estava no governo, teria telefonado algumas vezes para a mulher de Lúcio Funaro para saber se o operador de Eduardo Cunha faria delação premiada; a denúncia foi feita por Funaro em seu depoimento à PF na semana passada; denúncia que deverá ser apresentada pelo MPF contra Temer nos próximos dias deve incluir o conteúdo do depoimento de Funaro
Ex-ministro Geddel Vieira Lima, entre os mais próximos de Michel Temer quando estava no governo, teria telefonado algumas vezes para a mulher de Lúcio Funaro para saber se o operador de Eduardo Cunha faria delação premiada; a denúncia foi feita por Funaro em seu depoimento à PF na semana passada; denúncia que deverá ser apresentada pelo MPF contra Temer nos próximos dias deve incluir o conteúdo do depoimento de Funaro (Foto: Gisele Federicce)

247 - Michel Temer teria assediado Lúcio Funaro, via Geddel Vieira Lima, para saber se o operador de Eduardo Cunha, que está preso, fecharia acordo de delação premiada na Lava Jato.

A denúncia foi feita pelo próprio Funaro em depoimento à Polícia Federal na semana passada. Segundo ele, o ex-ministro Geddel, entre os aliados mais próximos de Temer quando estava no governo, telefonou algumas vezes para sua mulher para saber sobre a delação.

Para investigadores, a confissão do operador confirma um dos principais trechos da comprometedora conversa entre Temer e Joesley, gravada no porão do Palácio do Jaburu, destaca reportagem do Globo.

A denúncia que deverá ser apresentada pelo Ministério Público Federal contra Temer na próxima semana deverá incluir o conteúdo do depoimento de Funaro.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247