Tentativa de assalto em hospital deixa um ferido

Pânico, correria e um vigilante ferido durante uma tentava de assalto nas dependências do Hospital Escola Dr. Helvio Auto, em Maceió; dois homens armados entraram na unidade abordando pacientes em busca de objetos pessoais; guarnições do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRV), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e do 1º Batalhão de Polícia Militar foram acionados

Pânico, correria e um vigilante ferido durante uma tentava de assalto nas dependências do Hospital Escola Dr. Helvio Auto, em Maceió; dois homens armados entraram na unidade abordando pacientes em busca de objetos pessoais; guarnições do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRV), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e do 1º Batalhão de Polícia Militar foram acionados
Pânico, correria e um vigilante ferido durante uma tentava de assalto nas dependências do Hospital Escola Dr. Helvio Auto, em Maceió; dois homens armados entraram na unidade abordando pacientes em busca de objetos pessoais; guarnições do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRV), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e do 1º Batalhão de Polícia Militar foram acionados (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Alagoas247 - Uma tentativa de assalto, ocorrida na manhã desta terça-feira (20), provocou correria e pânico nas dependências do Hospital Escola Dr. Helvio Auto, no Trapiche da Barra. Testemunhas informaram que dois homens armados entraram na unidade, abordaram pacientes em busca de objetos pessoais. Durante a ação, o vigilante que estava no setor do atendimento tentou impedir e foi baleado por um dos bandidos no braço e foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE).

A assessoria de imprensa do hospital informou que os criminosos já chegaram anunciando o assalto no pronto atendimento. Em seguida, o profissional da segurança reagiu ao perceber a ação da dupla e acabou sendo ferido. Pelo menos três tiros foram ouvidos dentro da unidade. Há notícias de que eles também queriam roubar a arma do vigilante.

A informação preliminar dava conta de que um dos assaltantes fugiu e o outro se escondeu numa das salas do hospital. Em poucos minutos, a área foi cercada por guarnições do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRV), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e do 1º Batalhão de Polícia Militar. Os policiais fizeram uma varredura dentro da unidade, mas não encontraram o suspeito.

Ao perceberem a grande movimentação, os funcionários e pacientes, amedrontados, trancaram-se nas salas e não saíram até ordem da polícia.

Com gazetaweb.com

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247