Tentou barrar recursos para GO: Caiado omite que Temer privatizou Celg

O senador Ronaldo Caiado (DEM) se manifestou logo após a venda da Celg D para a Enel Brasil S.A., no leilão de hoje pela manhã, autorizado e coordenado pelo governo federal; operação foi finalizada em R$ 2,187 bilhões, com 28% de ágio, e Caiado chamou de "doação"; desde o início, o senador era contra a venda e articulou uma menda que impedia que o governo de Goiás direcionasse os recursos da venda para obras e benefícios, mas, sim, para quitar dívidas com a União; presidente Michel Temer, porém, vetou a emenda criada por Caiado e garantiu que os recursos reservados a Goiás sejam aplicados em investimentos para a população

Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão conjunta do Congresso Nacional destinada à leitura de expedientes e apreciação dos Vetos Presidenciais.

Em pronunciamento, deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO).

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão conjunta do Congresso Nacional destinada à leitura de expedientes e apreciação dos Vetos Presidenciais. Em pronunciamento, deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO). Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - O senador Ronaldo Caiado (DEM) se manifestou logo após a venda da Celg D para a Enel Brasil S.A., no leilão de hoje pela manhã. A operação foi finalizada em R$ 2,187 bilhões, com 28% de ágio, e Caiado chamou de "doação". “Apesar de toda a nossa luta e todo empenho para salvar a Celg, a empresa acaba de ser praticamente doada".

O que Caiado não comenta é que a privatização da empresa foi coordenada e autorizada pelo governo federal, acionista majoritário da companhia. Desde o início, o senador era contra a venda e articulou uma menda que impedia que o governo de Goiás direcionasse os recursos da venda para obras e benefícios, mas, sim, para quitar dívidas com a União.

O presidente Temer, porém, vetou a emenda criada por Caiado e garantiu que os recursos reservados a Goiás sejam aplicados em investimentos para a população.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247