Terrorista norueguês diz que escolhia vítimas que "pareciam esquerdistas"

No sexto dia de julgamento, Breivik tambm se desculpou famlia de uma vtima e a feridos sem filiao poltica

Terrorista norueguês diz que escolhia vítimas que "pareciam esquerdistas"
Terrorista norueguês diz que escolhia vítimas que "pareciam esquerdistas" (Foto: REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Marina Terra _Opera Mundi - O terrorista que matou 77 pessoas na Noruega para protestar contra a imigração muçulmana para a Europa disse nesta segunda-feira (23/04) acreditar que poderia dizer a ideologia de suas potenciais vítimas ao olhar para elas e que tentou poupar um que parecia "de direita". O julgamento do ultradireitista Anders Behring Breivik acontece desde a semana passada em um tribunal de Oslo.

Breivik afirmou que tinha poupado a vida de Adrian Pracon, secretário da Juventude Trabalhista na região de Telemarca, porque o jovem parecia "ser de direita" e que lhe lembrava a ele mesmo. Pracon é um dos sobreviventes do massacre e, após recuperar-se de seus ferimentos, escreveu um livro sobre suas lembranças, o que recebeu grande atenção midiática na Noruega. 

"Certas pessoas parecem mais esquerdistas do que outras", disse Breivik no sexto dia de julgamento que tem paralisado a Noruega, explicando como ele escolheu "marxistas" com seu fuzil e pistola e passou por um jovem que pensou ser conservador. "Esta pessoa ... parecia de direita, era a sua aparência. Essa é a razão pela qual eu não disparei nenhum tiro contra ele", disse Breivik, cuja sanidade, ou a falta dela, é uma questão primordial a ser determinada no julgamento.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email