Thomaz Bellucci é semifinalista em Madri

Tenista brasileiro bateu o tcheco Tomas Berdych por 2 sets a 0, em sua segunda segunda vitria consecutiva sobre um top ten

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247, com informações da Agência Estado – O tênis brasileiro quebrou, nesta sexta-feira, um jejum de oito anos em semifinais de torneios Master 1000. O fim do tabu foi decretado por Thomaz Bellucci com sua segunda vitória consecutiva sobre um dos dez melhores tenistas do mundo no Master 1000 de Madri. Com atuação consistente, ele derrotou o tcheco Tomas Berdych, sétimo colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/3, em 1 hora e 33 minutos. 

Número 36 do mundo, Bellucci, que já foi campeão em Gstaad (2009) e Santiago (2010), alcançou com a vitória de hoje o melhor desempenho da sua carreira. A torcida, agora, é para que ele quebre a escrita de brasileiros em finais de Master 1000 – a última participação foi de Gustavo Kuerten na decisão do torneio de Indian Wells, também há oito anos, quando ele foi superado pelo australiano Lleyton Hewitt.

Esta foi a segunda vitória consecutiva de Bellucci sobre um Top 10, já que antes de bater Berdych, atual vice-campeão de Wimbledon, ele havia passado pelo escocês Andy Murray, número 4 do mundo, na quinta-feira, em duelo válido pelas oitavas de final, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2. Também neste ano, ele havia superado outro Top 10, o espanhol Fernando Verdasco, no Torneio de Acapulco. 

Nas semifinais, marcadas para sábado, Bellucci vai duelar com o sérvio Novak Djokovic, número 2 do mundo e invicto em 2011, com 29 vitórias. Nesta sexta, Djokovic bateu o espanhol David Ferrer, sexto colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/3. 

O jogo

Derrotado nos dois confrontos anteriores contra Berdych Bellucci entrou em quadra apoiado pelas vitórias sobre o espanhol Pablo Andújar, o alemão Florian Mayer, e, principalmente, Murray. O tenista brasileiro teve atuação firme e consistente diante do tenista checo, sem permitir que o adversário tivesse sequer um break-point. No duelo, Bellucci conseguiu 26 winners e cometeu 27 erros não-forçados. Já Berdych teve números piores, com dez bolas vencedoras e 31 equívocos. 

O primeiro set foi extremamente equilibrado, com os dois tenistas sacando forte. Assim, ninguém teve chance de quebra de serviço e o duelo seguiu para o tie-break. Bellucci dominou a disputa, chegou a abrir 6/1, e a fechou em 7/2 para triunfar na primeira parcial. 

O segundo set também foi muito disputado e sem quebras de serviço até o sétimo game. No oitavo, Berdyc h cedeu o único break-point do jogo. O tenista checo cometeu um erro e permitiu que o tenista brasileiro abrisse 5/3. Em seguida, Bellucci confirmou o seu serviço, fechou a parcial em 6/3 e a partida em 2 sets a 0 para se garantir nas semifinais do Masters 1000 de Madri.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email