CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Geral

Timão segue imbatível

Corinthians vence Atltico-GO e tem a melhor campanha da histria do Brasileiro

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

O Corinthians venceu o Atlético Goianiense por 1 a 0, neste domingo, em Goiânia, e manteve-se invicto na liderança do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o alvinegro chegou aos 22 pontos na competição, com um jogo a menos que os demais rivais, e deu sequência à melhor campanha da história dos pontos corridos entre todos os participantes em um início de torneio nacional neste formado, após oito confrontos disputados. O gol da partida foi marcado pelo atacante William, depois de grande passe do meia Danilo. O resultado também serviu de vingança para os corintianos, já que, no Brasileirão do ano passado, o Atlético havia vencido os dois confrontos contra a equipe paulista.

Ambas as equipes tiveram desfalques para a partida. Do lado do Atlético-GO, o volante Agenor não atuou porque estava suspenso e os meias Felipe Brisola e Anaílson não jogaram por causa de contusão. No Corinthians, os atacantes Jorge Henrique e Emerson foram vetados pelo departamento médico por conta de contusão; o primeiro com dores na panturrilha direita e o segundo por causa de uma pancada na canela. As ausências dos dois jogadores possibilitaram, no entanto, o primeiro jogo do meia Alex como titular.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O primeiro tempo foi disputado, com domínio do Corinthians na primeira metade e com o Atlético criando várias chances de gol na segunda, obrigando o goleiro Júlio César a fazer várias intervenções importantes. A equipe paulista teve o primeiro lance de grande perigo do jogo aos 5 minutos, quando o meia Alex recebeu a bola pela esquerda, na entrada da grande área, e chutou forte para o gol, obrigando o goleiro Márcio, do Atlético a fazer grande defesa. No rebote, o volante Paulinho chutou a bola perigosamente para fora.

Aos 15 minutos, o Atlético-GO exigiu firme defesa do goleiro Júlio César, depois de cobrança de falta do volante Bida. Um minuto depois, o atacante corintiano William chutou com perigo para o gol do Atlético-GO, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A maior pressão da equipe goiana foi observada a partir dos 30 minutos de jogo. Aos 32, depois de cobrança de falta, o zagueiro Gílson perdeu gol feito frente a frente com Júlio César, chutando a bola por cima do gol corintiano.

Aos 38, no lance mais perigoso do primeiro tempo, o atacante Anselmo cabeceou com perfeição na cara do gol, mas a bola não entrou por conta de um "verdadeiro milagre" de Júlio César, que defendeu com a perna direita, para alívio da torcida alvinegra e reclamação do técnico PC Gusmão, que alegou que a bola havia entrado no gol.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Aos 42, Anselmo voltou a levar perigo para a defesa corintiana, depois de um chute cruzado para fora. Júlio César ainda espalmaria a bola para fora aos 45 minutos, depois de conclusão feita pelo meia Vítor Júnior.

As equipes voltaram sem mudanças na escalação para o segundo tempo, mas o Corinthians mudou a postura do final do primeiro tempo, impondo um ritmo mais forte, com mais lances de ataque e grande apoio do bom número de torcedores alvinegros presentes no Serra Dourada. O Atlético diminuiu o ritmo e acabou sendo dominado aos poucos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A primeira grande chance de gol da etapa foi novamente corintiana, aos 13 minutos, quando o centroavante Liedson, após cruzamento de William, cabeceou perigosamente para brilhante defesa de Márcio, que espalmou para fora. Aos 18 minutos, o mesmo Liedson arriscou lindo chute de fora da área e exigiu outra grande intervenção do goleiro do Atlético, novamente para fora.

De tanto insistir, a equipe paulista chegou ao gol aos 24 minutos. Depois de grande passe do meia Danilo, o atacante William marcou seu quarto gol na competição, tocando a bola para o fundo das redes na saída de Márcio, que nada pôde fazer.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Depois do gol, a equipe goiana ainda tentou pressionar o Corinthians, mas, bem postado em campo, o time paulistano segurou o resultado, levando perigo ao rival com alguns contra-ataques rápidos. Aos 37, Alex ainda teve a oportunidade de ampliar o placar, com uma cabeçada para fora depois de cruzamento do meia Edenílson, que havia entrado no lugar de Liedson.

FICHA TÉCNICA:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Atlético-GO 0 x 1 Corinthians

Atlético-GO - Márcio; Rafael Cruz, Gilson, Anderson e Thiago Feltri; Bida, Pituca, Thiaguinho e Vítor Júnior (Ernandes); Anselmo (Diogo Campos) e Juninho (Marcão). Técnico: PC Gusmão.

Corinthians - Júlio César; Welder (Wallace), Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Alex (Morais); Willian e Liedson (Edenílson). Técnico: Tite.

Gol - William, aos 24 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Danilo e Fábio Santos (Corinthians) e Thiaguinho (Atlético-GO).

Árbitro - Wilton Pereira Sampaio (DF).

Renda e público - não disponíveis.

Local - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO