Toinha Rocha faz duras críticas à PEC da maioridade penal

Em discurso na Câmara Municipal, a vereadora Toinha Rocha (Psol) ressaltou ser a favor de políticas públicas para crianças e adolescentes e criticou duramente o projeto que prevê a redução da maioridade penal. “Eu digo e não tenho dúvida que filho de um vereador, deputado e senador não vai para cadeia, só filho de pobre”, declarou

Em discurso na Câmara Municipal, a vereadora Toinha Rocha (Psol) ressaltou ser a favor de políticas públicas para crianças e adolescentes e criticou duramente o projeto que prevê a redução da maioridade penal. “Eu digo e não tenho dúvida que filho de um vereador, deputado e senador não vai para cadeia, só filho de pobre”, declarou
Em discurso na Câmara Municipal, a vereadora Toinha Rocha (Psol) ressaltou ser a favor de políticas públicas para crianças e adolescentes e criticou duramente o projeto que prevê a redução da maioridade penal. “Eu digo e não tenho dúvida que filho de um vereador, deputado e senador não vai para cadeia, só filho de pobre”, declarou (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - No dia em que a Câmara dos Deputados vota em Brasília o projeto de emenda de redução da maioridade penal, a vereadora Toinha Rocha (Psol) teceu várias críticas à PEC 171 em discurso na Câmara Municipal de Fortaleza. Em sua fala, ela ressaltou ser contra a redução e a favor das políticas públicas para crianças e adolescentes. “Muitos não têm oportunidades, pois já nascem em locais marginalizados. Subo a esse púlpito com a convicção de defender uma sociedade justa, solidaria e humanizada. Precisamos de orçamento que priorize as crianças da nossa cidade isso não ocorre nem mesmo nessa casa. É sempre uma briga conseguir verbas a serem aplicadas em políticas públicas para crianças. É muito simples fazer um discurso comum”, declarou.

Anteriormente, a parlamentar pontuou sobre a discussão dos parlamentares que são a favor da PEC 171. “Por destino, o projeto recebeu esse número, uma coincidência muito cruel para o que acontece nesse país e em nossa cidade. Está acontecendo um ato na Assembleia Legislativa e eu digo e não tenho dúvida que filho de um vereador, deputado e senador não vai para cadeia, só filho de pobre. Um terço da juventude brasileira busca trabalho, mas não tem emprego. É muito fácil ter pais para sustentar, ter faculdade e uma empresa para cuidar e ser a favor da redução da maioridade penal.”, destacou.

(Com informações da Câmara Municipal de Fortaleza)


Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247