Transporte Escolar quer usar 'faixa azul'

Representantes da Associação dos Transportadores Escolares de Maceió também querem trafegar exclusivamente pela faixa azul criada pelo município nas avenidas Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro. Decisão foi encaminhada a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) após liberação da via exclusiva para circulação de taxistas e transportadores complementares

Representantes da Associação dos Transportadores Escolares de Maceió também querem trafegar exclusivamente pela faixa azul criada pelo município nas avenidas Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro. Decisão foi encaminhada a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) após liberação da via exclusiva para circulação de taxistas e transportadores complementares
Representantes da Associação dos Transportadores Escolares de Maceió também querem trafegar exclusivamente pela faixa azul criada pelo município nas avenidas Fernandes Lima e Durval de Góes Monteiro. Decisão foi encaminhada a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) após liberação da via exclusiva para circulação de taxistas e transportadores complementares (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Alagoas247 - Após liberação para taxistas e transportadores complementares, agora é a vez dos donos de vans que fazem o transporte escolar cobrarem o tráfego pela faixa azul. Representantes da Associação dos Transportadores Escolares foram até a sede da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) saber a resposta de um requerimento que a entidade deu entrada, em fevereiro, pedindo que a classe fosse liberada para transitar pela via exclusiva.

De acordo com o presidente da associação, Williams Araújo, há 150 transportadores escolares cadastrados em Maceió e 40% deles seriam beneficiados se a faixa azul estivesse liberada para o tráfego. "Não adianta o pai pagar caro para o transporte do filho à escola se a criança vai chegar atrasada todos os dias por conta do trânsito complicado fora da faixa azul", destacou Araújo.

Ele revela que esteve na SMTT no dia 7 de fevereiro para dar entrada no requerimento e, até agora, segundo o presidente, nenhuma resposta foi dada por parte da Prefeitura. Nem uma audiência foi marcada, conforme revela Araújo.

O supervisor de Trânsito da SMTT, Wanderson Freitas, explicou, à reportagem da Gazetaweb, que foram mobilizados 20 agentes para vários trechos das avenidas Durval de Goés Monteiro e Fernandes Lima para o trabalho de fiscalização. Parte das 260 câmeras espalhadas pela cidade também vai ajudar no acompanhamento aos condutores.

Segundo ele, quem invadir a faixa azul sem sinalizar a conversão à direita pode pagar multa de R$ 53,20 e perder três pontos na Carteira de Habilitação. Os que insistirem em trafegar na via exclusiva estarão cometendo infração de natureza média (5 pontos na carteira e multa de R$ 127).

Antes de visitar a grota do Estrondo, na Pitanguinha, dentro das ações da Operação Inverno, o prefeito em exercício Marcelo Palmeira (PP) falou sobre o início da fiscalização mais intensificada ao longo da faixa azul, nas avenidas Durval de Góes Monteiro e Fernandes Lima, em Maceió. Palmeira diz que o trânsito para táxis e transportes complementares só foi liberado para facilitar ainda mais o tráfego.

O prefeito ressaltou que, diante das medidas punitivas, que devem ser aplicadas a partir desta segunda-feira, a população deve e precisa cooperar, o que evitariam as multas e organizariam melhor o tráfego. Ele ainda lembrou que o período educativo serviu para orientação aos condutores e que, agora, uma grande equipe da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) vai estar empenhada na fiscalização.

Com gazetaweb.com

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email