Três espetáculos integram programação do Centro Cultural Banco do Nordeste

No sábado, 14, às 19h30, é a vez de E.Rê – Eterno Retorno, também dirigidapor Fábio Vidal. A peça narra a história da criação do universo e da vida, e seu processo de ciclos de evolução. Este espetáculo se inicia antes do Big-Bang (15 bilhões de anos atrás) e se desenvolve até os dias atuais

No sábado, 14, às 19h30, é a vez de E.Rê – Eterno Retorno, também dirigidapor Fábio Vidal. A peça narra a história da criação do universo e da vida, e seu processo de ciclos de evolução. Este espetáculo se inicia antes do Big-Bang (15 bilhões de anos atrás) e se desenvolve até os dias atuais
No sábado, 14, às 19h30, é a vez de E.Rê – Eterno Retorno, também dirigidapor Fábio Vidal. A peça narra a história da criação do universo e da vida, e seu processo de ciclos de evolução. Este espetáculo se inicia antes do Big-Bang (15 bilhões de anos atrás) e se desenvolve até os dias atuais (Foto: Renata Paiva)

Ceará 247 - Neste mês do teatro, o Centro Cultural Banco do Nordeste de Fortaleza (Rua Conde d’Eu, 560, Centro) será palco de espetáculos de sucesso, encenados pelo grupo pernambucano Magiluth e pelo ator e diretor baiano, Fábio Vidal. A entrada é gratuita.

No sábado, 14, às 19h30, é a vez de E.Rê – Eterno Retorno, também dirigidapor Fábio Vidal. A peça narra a história da criação do universo e da vida, e seu processo de ciclos de evolução. Este espetáculo se inicia antes do Big-Bang (15 bilhões de anos atrás) e se desenvolve até os dias atuais. É uma narrativa performática - sobre a criação e evolução da vida, do homem e do espírito. Mostra um E.Rê (um mensageiro, um palhaço, um bufão, um super-herói, uma divindade) que vivencia esse processo existencial marcado pelas contradições humanas que variam entre “a delícia e a desgraça, o monstruoso e o sublime”, o trágico e o cômico, o infantil e o velho, o inédito e o padronizado, o caos e a ordem, a morte e a vida.

E nos dia 26 e 28 de março, respectivamente às 19h e 19h30, o grupo Magiluth (PE) encena o espetáculo “Aquilo que Meu Olhar Guardou Para Você”. É uma peça totalmente aberta ao público e à cidade na qual acontece, radicalizando a experiência teatral e dando à plateia um papel ativo, além de levantar reflexões sobre a cidade em que vivemos. Composta por cenas fragmentadas, a montagem traz os atores Erivaldo Oliveira, Giordano Castro, Lucas Torres, Pedro Wagner e Pedro Vilela.

Fabio é formado em Interpretação Teatral pela Universidade Federal da Bahia. No curso de Artes Cênicas, aprendeu técnicas e se instrumentalizou na área. Buscava sempre se apropriar e testar os conceitos na prática. Mestre também pela UFBA, onde desenvolveu o monólogo Velosidade Máxima, que teve sua estreia em 2007. Participou do projeto Solos do Brasil sob a coordenação artística da performer/atriz e diretora Denise Stoklos, onde desenvolveu o espetáculo Erê - Eterno Retorno, desde 2003, do qual é ator/performer, autor e diretor.

O Grupo Magiluth, surgido em 2004 no curso de Licenciatura em Artes Cênicas da UFPE, trilha um trabalho de pesquisa e experimentação constante na cena teatral recifense, sendo apontado como um dos principais grupos de Pernambuco e circulando com seu conjunto de atores criadores por importantes festivais do país. Iniciou suas atividades com o experimento artístico Ato sem Palavras, de Samuel Beckett, remontado posteriormente em 2008. Em sua primeira experiência, realizou apresentações em festivais amadores e estudantis, circulando pelo estado de Pernambuco.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247